Projeto "Nômades de Bancada" passa pelo Edmundo Feix

O futebol é um esporte famoso por conquistar apaixonados, e na quinta-feira 9, o estádio Edmundo Feix recebeu a visita de dois viajantes com um projeto chamado ‘Nômades de Bancada’. Josimar Mertins Perondi e o filho Mateus Pelizzoni Perondi são naturais de Caxias do Sul, mas eram moradores de Itajaí e fazem dois meses que iniciaram um roteiro que tem o objetivo de passar por todos os estádios do Rio Grande do Sul. Perondi filho explica que a ideia surgiu da vontade de viverem o estilo de vida de um viajante e junto com isso, usar também a paixão que possuem pelo futebol. “Vimos que não tinha ninguém neste ramo esportivo e que o público alvo seria bom”, afirma. Perondi pai embarcou na ideia sem pensar duas vezes. “Nada mais me prendia na cidade que morávamos depois que perdi minha esposa. Gosto desta vida diferente”, enfatiza. Pai e filho rodam quilômetros a bordo do corsa, que muitas vezes é também onde dormem. “Viajando pelo estado percebemos como ele é grande e que no futebol, não existe apenas a dupla grenal. O legal é isso, valorizar também os times de cidades menores e fortalecê-los cada vez mais. Achamos a infraestrutura do Guarani muito boa e com certeza o time ganhou mais dois torcedores”, comenta Perondi filho. O Edmundo Feix foi o 16º estádio visitado pela dupla e o vídeo pode ser conferido nos canais de divulgação do projeto dentro de alguns dias. Você encontra o projeto no Instagram @nomadesdebancada e no Youtube, no canal Nômades de Bancada. Até o momento, Perondi Filho ressalta que quinze estádios já foram visitados e a expectativa é ainda passar por Santa Catarina e porque não, também em outros estados do Brasil. “Queremos passar por cem, duzentos estádios se pudermos e divulgar tudo na internet”, destaca o filho.

Texto: AI EC Guarani Foto: Willian de Oliveira - AI EC Guarani