top of page

Reencontro entre Caxias e Figueirense é marcado por pancadaria entre torcidas

Após 23 anos, o Caxias voltou a enfrentar o Figueirense. Depois do fatídico jogo de 2001, onde o time catarinense conquistou o acesso à Série A do Brasileirão nos tribunais, os times nunca tinham se enfrentado.


Mais de 4 mil torcedores foram ao Estádio Centenário para o jogo marcado como "acerto de contas" com o time catarinense. Dentro de campo, o Caxias venceu por 2 a 1, com gols de Marcelo e Tomas Bastos. Porém, no segundo tempo, uma briga generalizada tomou conta da arquibancada do Centenário.


Depois de um torcedor do Figueirense simular estar se afogando, torcedores do Caxias tentaram invadir o setor visitante. Na sequência, a organizada do Figueirense foi para o confronto na divisória das torcidas. Após derrubarem uma das grades, uma briga generalizada se formou entre as duas organizadas.


Havia apenas três seguranças particulares na divisória, que pouco conseguiram fazer entre os mais de 30 torcedores em confronto. Não tinha policiamento no local. O Pelotão de Choque estava do lado oposto, no gramado do Centenário. Enquanto a pancadaria era registrada, o Policiamento demorou muito tempo para chegar até o setor. Um barra de ferro chegou a ser arrancada por um torcedor do Figueirense. Um segurança particular conseguiu tirar dele o objetivo e jogou em direção ao gramado para a torcida não usar como uma arma.


Somente com a chegada de Brigada Militar é que a confusão parou. Tiros de bala de borracha foram disparados. Toda a organizada do Figueirense foi retirada do Estádio e encaminhada para delegacia. Um torcedor do Caxias também foi detido e, depois, outros foram identificados.


Veja as imagens da confusão gravadas pela Rádio Caxias



Comments


bottom of page