Rogério Zimmermann é apresentado no Esportivo

A casamata alviazul tem novo comandante. Rogério Zimmermann foi oficialmente apresentado no Esportivo Bento Gonçalves nesta sexta-feira, dia 19, e assume o cargo deixado por Luiz Carlos Winck. O treinador já comandou os treinamentos no estádio Montanha dos Vinhedos visando sua estreia – no Clássico da Polenta, diante do Caxias, que será realizado no próximo domingo (21), às 20h, no estádio Centenário. Ao lado de Zimmermann, dois profissionais chegam para integrar a comissão técnica: o auxiliar João Francisco Beschorner e o preparador de goleiros Antonio Lenuzza Castilhos. Além deles, o auxiliar técnico Márcio Ebert permanece na comissão.


Na coletiva de apresentação, o técnico de 55 anos falou sobre a satisfação em estar à frente do clube. “Estou muito honrado pelo convite. Sou um treinador gaúcho, e quando entramos nessa área, queremos trabalhar nos principais clube de Estado. Por isso, espero poder corresponder àquilo que a direção e torcida desejam”, disse.


Zimmermann também abordou a projeção para o início de trabalho e a busca por reabilitação na tabela de classificação do Campeonato Gaúcho 2021 – já que o Alviazul está na 10ª colocação, com três pontos conquistados. “A primeira questão é conversar com os profissionais que permanecem, pois não sou aquele treinador que chega e já quer saber mais do que as pessoas que aqui estão desde o início da temporada. Muitas vezes, a melhor contratação é fazer com que o jogador que está no grupo melhore, por isso vamos trabalhar nesse sentido”, pontua.


Uma das ideias iniciais é dar um olhar especial às categorias de base e recuperar rendimento de atletas que já compõem o elenco. “Passei 17 anos trabalhando com a base, então sei da importância dos jovens para o clube. A primeira ação é potencializar ao máximo o grupo que temos. Nosso pensamento está no próximo jogo, diante do Caxias. Temos que traçar estratégias para alcançar os objetivos. Vou aproveitar muito do que foi feito até o momento, pois tenho certeza que não inicio um trabalho do zero”, considera.


Para focar no atual momento, o técnico ainda reforçou o pensamento de trabalhar em busca dos pontos perdidos no estadual. “Antes de colocarmos um objetivo mais alto, precisamos estar em uma posição mais confortável na tabela. Trabalharemos neste sentido. Agora, estamos preocupados com o momento atual no Gauchão. O pensamento em uma possível Série D fica para mais adiante”, enfatiza.


Fotos: Kévin Sganzerla/CEBG