São Borja reestrutura suas categorias de base

O São Borja regulamentou o funcionamento e coordenação da escolinha e das categorias de Base. A iniciativa pretende estruturar o futebol de formação de futuros jogadores impulsionando a escolinha do clube e retomando as categorias de Base para a disputa de campeonatos. Para tocar o projeto, o clube terá a coordenação feita pelo diretor Alex Bisognin.


A iniciativa contribuirá de forma prática com a promoção do bem-estar social, integrando jovens talentos e mostrando-lhes que há alternativas para quem almeja um futuro promissor. Estarão concentradas crianças e jovens de 7 a 15 anos.


“Essa iniciativa logo começará a ser mais do que apenas futebol. O projeto visa entrar na vida desses meninos como uma oportunidade de adquirir senso de organização, de responsabilidade, de respeito e de comprometimento com algo maior. Em muitos casos, está ligado à esperança de que existem, sim, outros caminhos a seguir”, diz o vice presidente do clube, Eduardo Rocha.


Como funcionará as categorias e suas rotinas


Quem pretende fazer parte da escolinha terá um período para as inscrições que serão partir do dia 15 de julho para as categorias sub 9, 11 e 13. Para a categoria de Base do São Borja precisa de disposição para encarar uma rotina regrada de treinamentos. Ao ingressar no projeto, os jovens serão organizados conforme a idade em divisões que são do Sub 15 ao Sub 20. Logo passam a cumprir uma agenda de compromissos no clube, com treinos pelo menos duas vezes por semana, no Estádio Vicente Goulart. As atividades ocorrerão sempre no turno oposto ao das aulas – estar estudando é requisito indispensável para integrar o grupo. "Essa regra contribui para estimular o desenvolvimento dos atletas na escola". Afirma o coordenador Alex Bisognin.


O ingresso no clube


Os jovens interessados em participar da escolinha devem fazer a matrícula na secretaria do clube, acompanhados de pais ou responsáveis. O período da chamada “peneira”, onde são feitas seleções mais amplas para a categoria sub 17, será marcada pela coordenação do projeto. Há uma série de documentos necessários para a inscrição, como atestado médico e de escolaridade, além do pagamento de uma taxa de inscrição e de mensalidade. Mais informações podem ser obtidas pelo watts 55 9 9107 0285.