top of page

São José e Ypiranga conhecem fórmula e tabela da Série C

Representantes dos 20 clubes participantes da Série C do Campeonato Brasileiro 2023 e dirigentes da CBF se reuniram nesta sexta-feira (3) para aprovar novidades nesta edição da competição.


A primeira rodada da Série C do Brasileirão 2023 será aberta no dia 3 de maio. O encerramento da competição está marcado para o dia 12 de novembro. Veja os jogos da primeira rodada:


São José (RS) x Floresta (CE)

Paysandu (PA) x Aparecidense (GO)

São Bernardo (SP) x Remo (PA)

América de Natal (RN) x Ypiranga (RS)

Volta Redonda (RJ) x Pouso Alegre (MG)

CSA (AL) x Confiança (SE)

Botafogo (PB) x Operário (PR)

Altos (PI) x Figueirense (SC)

Manaus (AM) x Náutico (PE)

Brusque (SC) x Amazonas (AM)



SISTEMA DE DISPUTA


A primeira fase da Série C terá turno único. Os 20 clubes se enfrentam e os oito melhores avançam para a próxima fase. Na segunda fase, os clubes serão divididos em dois grupos, com quatro times cada, para confrontos de turno e returno dentro de cada chave.


Os dois melhores de cada lado garantem vaga na Série B de 2024. Os primeiros colocados de cada grupo disputam o título na final, em duelo de ida e volta.


NOVA BOLA


A bola oficial (foto ao fim da matéria) da competição é uma das grandes novidades: será a uhlsport GAME PRO, que conta com um design focado na cor azul e em detalhes esverdeados. Além do design inovador, as bolas receberam certificados de qualidade da FIFA e oferecem uma estrutura livre de absorção de água e maiores condições para o controle de jogo dos atletas.


INSCRIÇÃO DE ATLETAS

Os clubes terão o direito de inscrever até 50 jogadores na competição, com prazo até o dia 4 de agosto, podendo substituir no máximo até oito atletas. A data final de inscrição é 25 de agosto.


INTEGRIDADE NO ESPORTE

O Presidente Ednaldo Rodrigues anunciou a renovação do contrato com a empresa Sportradar, líder mundial em prevenção, detecção e inteligência no combate à manipulação de resultados. Ednaldo Rodrigues explicou todas as ações também adotadas pela CBF para monitorar e garantir proteção em relação a fraudes esportivas.


Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Comments


bottom of page