São José está há 11 jogos sem perder na Série C

O sábado promete um confronto entre “cascudos” deste Brasileiro Série C. São José e Paysandu vêm de uma série de jogos sem perder — o Zeca há 11 jogos, os visitantes há nove —, e mesmo que de um lado esteja um estreante na competição, e do outro um dos clubes tradicionais do Brasil, depois de 14 rodadas, e brigando na ponta de cima, o técnico Rafael Jaques acredita que o time chegou à maturidade neste campeonato.

“Já adquirimos aquela casca para confrontos contra times grandes do futebol brasileiro. Nossa equipe hoje está preparada para qualquer tipo de partida. Essa casca deu mais confiança aos nossos jogadores, que se sentem mais valorizados e acreditando mais em si e no time. Isso é o que nos faz acreditar nessa classificação”, avalia o treinador.

E este das 17h de sábado, no Passo d’Areia, vale muito. É mais um confronto direto entre concorrentes pelo G4 do Grupo B.

“Nessa altura do campeonato, mesmo que eu veja os dois times com propostas de jogo bem positivas, que gostam do jogo bem jogado, eu acredito que vai ser uma partida muito disputada e talvez pouco plástica ou bem jogada. Faltando tão pouco para o fim da primeira fase, vale mais o resultado do que o desempenho. É a reta final e todos precisam pontuar. Para nós, jogando em casa ou fora, é mais uma final, e precisamos somar pontos”, diz Rafael Jaques.

Ele comanda na manhã desta sexta o último treino no Passo e a equipe inicia a concentração. A partida terá transmissão pelo DAZN aberto pelo Youtube e Facebook. Então faz assim, torcedor: vai pro Passo e acompanha o replay dos gols ou os melhores momentos no intervalo pelo celular. Porque a tua missão principal será gritar do começo ao fim para empurrar o Zeca a mais uma vitória na nossa casa nesta Série C.

E mais uma vez, o Passo terá espaço para a solidariedade. O ponto permanente de arrecadação de alimentos para a Cozinheiros do Bem segue valendo. Leva a tua contribuição com um alimento não-perecível e ajuda a matar a fome de quem mais precisa. 


Foto: Eduardo Torres/Divulgação/EC São José