São José tem 77% de aproveitamento em casa

Às 19h15min deste sábado, quando a bola rolar no Passo d'Areia, o São José iniciará o capítulo mais importante dos 106 anos de história do clube. Diante do Sampaio Corrêa, do Maranhão, estará em jogo, na partida de ida, uma vaga no Brasileirão Série B de 2020. Assim como nos matas que, em 2018, levaram o Zeca à Série C, não há saldo qualificado nesta disputa.


Esta será a segunda vez que São José e Sampaio Corrêa se enfrentam no duelo que pode ser considerado uma revanche para o Zeca. É que, na primeira fase da Copa do Brasil de 2017, os maranhenses aproveitaram o regulamento e garantiram a classificação com um empate em 1 a 1. Aquela partida foi disputada no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo. Na época, o Passo d'Areia estava interditado.


Se depender do retrospecto em casa na competição, o Zeca entra em campo com excelentes possibilidades. Em nove partidas no Passo, foram seis vitórias e três empates. Um aproveitamento de 77,7%. Em seus domínios, o Zeca, que teve o melhor ataque do grupo, marcou 16 gols e sofreu apenas quatro.


O adversário nas quartas de final foi o segundo colocado no Grupo A. Jogando fora de casa, a equipe maranhense teve aproveitamento positivo, tendo vencido quatro dos seus nove jogos, somando um aproveitamento de 51% nessas partidas. O Sampaio sofreu 13 gols fora de casa e marcou 11. Apenas em três destes jogos, não teve sua defesa vazada.


O duelo promete ser bastante ofensivo. Se o São José, com 25 gols marcados na primeira fase foi o melhor ataque do Grupo B, o adversário não ficou muito para trás, tendo marcado 22 gols. 


Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini/Divulgação