Só falta entregar a taça! Esportivo é Campeão da Divisão de Acesso

O Esportivo venceu o Avenida por 1 a 0 neste domingo (24), pelo jogo de volta da final do Gauchão A2. Autor do gol no empate em 1 a 1 na partida de ida, João Pedro voltou a marcar para o time da Serra, decidindo o confronto logo no início do primeiro tempo, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.


Por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD, a final não teve homologado/declarado o campeão, nem foi atribuída entrega de troféus ou medalhas pela FGF até decisão final do Pleno do STJD. A determinação refere-se ao recurso interposto no STJD de decisão do Tribunal de Justiça Desportiva do RS - TJD/RS, que declarou a decadência para apuração de irregularidade de atuação de atleta do Avenida, em partida da fase classificatória, capitulado no artigo 214 do CBJD. O processo foi incluído na pauta da Procuradoria do STJD do dia 04 de agosto.


O JOGO


Jogando em casa, o Esportivo começou pressionando. Logo no início, Cris Magno obrigou Rodrigo a fazer difícil defesa. Aos 14 minutos, enfim, o time da Serra abriu o placar. João Pedro, que já havia marcado no duelo da ida, recebeu na área e agiu rápido para dominar e finalizar com força: 1 a 0. As melhores chances do primeiro tempo seguiram com o Esportivo, que quase ampliou em bola que o zagueiro Micael salvou sobre a linha. O Avenida teve poucos momentos ofensivos. A melhor jogada saiu dos pés de Carrilho, em finalização que passou sobre a meta.


Precisando do empate para ao menos levar a decisão para os pênaltis, o Avenida tentou ser mais perigoso no segundo tempo. Aventurando-se no ataque, o zagueiro Micael chegou a finalizar de dentro da área para grade defesa de Copetti, mas a arbitragem havia marcado impedimento. O Esportivo atacou menos na etapa final, porém assustava o rival nas investidas. Aos 27, João Pedro quase ampliou em toque de cabeça que passou rente ao poste. A pressão do Avenida aumentou nos últimos minutos, mas o Esportivo soube segurar e ainda fazer bons contra-ataques para deixar o tempo passar e, assim, confirmar a vitória.


Foto: Max Peixoto / FGF