Sequência negativa: Juventude não pensa em demitir treinador


O começo da Taça Francisco Novelletto não tem sido nada bom para o Juventude. Neste segundo turno do Gauchão, o time da serra gaúcha acumula duas derrotas. Após perder para o Grêmio, na Arena, o papo perdeu para o São José, por 1 a 0, no sábado, em pleno estádio Alfredo Jaconi.


Durante entrevista coletiva após o jogo, o diretor de futebol, Osvaldo Pioner, declarou que a direção não trabalha com a possibilidade de demissão do técnico Marquinhos Santos


"Não passa por aí. Nós não estamos pensando nisso. Temos que ter equilíbrio. Nós sabemos o problema e não estamos pensando em trocar o Marquinhos. Estamos pensando em resolver as coisas, em um primeiro momento, com o Marquinhos", declarou o dirigente.


Por outro lado, a diretoria vai focar o lado motivacional dos jogadores para se afastar da zona da degola. O Juventude seca o São Luiz e Novo Hamburgo para não entrar na Z2 do Gauchão neste final de semana. Cair para Divisão de Acesso seria um duro golpe no planejamento do clube para temporada de 2021.


Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude