Técnico Badico surpreende e anuncia saída do Bagé

Uma informação pegou toda a torcida do Bagé de surpresa na noite desta terça-feira. O técnico Badico anunciou que não seguirá no clube para a Divisão de Acesso 2020. O profissional publicou uma nota, em sua rede social, anunciando o desligamento. O treinador demonstrou descontentamento com o investidor do clube.


"Porém, infelizmente, quando não temos organização sólida e principalmente confiança no planejamento pensado, não podemos continuar no comando", falou Badico.


Ainda segundo o profissional, divergências com o investidor do clube foram fundamentais para a sua decisão de deixar o projeto no ano do centenário da equipe.


"Algumas divergências com o investidor do clube, no qual tenho o maior respeito, pois faz muito pelo mesmo, me fizeram não dar continuidade no projeto. Tenho meus princípios, meu planejamento e principalmente seriedade, profissionalismo comprometimento e cobrança no trabalho, ainda mais no ano do Centenário do clube", frisou o técnico.


A informação também foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube. O Bagé irá se manifestar sobre o caso somente na quarta-feira. O elenco está em meio a pré-temporada para a Série A2.


"Comunicando que o Badico não é mais treinador do Bagé. Mais informações e posição do clube amanhã. O treinador fez a postagem em sua rede Social comunicando a saída", resumiu a assessoria em comunicado a imprensa.


Confira na íntegra a nota do treinador:


"Primeiramente gostaria de dizer que com muita honra e comprometimento pude voltar ao comando do Grêmio Bagé-RS, durante todo segundo semestre de 2019, na disputa da Copinha, onde tivemos a melhor campanha no geral e infelizmente fomos eliminados nos mata matas pelo poderoso Sport Club Internacional. Gostaria de agradecer a todos os diretores, torcedores, atletas e companheiros de comissão técnica que sempre tiveram profissionalismo e comprimento com a causa maior que é o Grêmio Bagé-RS. Porém, infelizmente, quando não temos organização sólida e principalmente confiança no planejamento pensado, não podemos continuar no comando. Algumas divergências com o investidor do clube, no qual tenho o maior respeito, pois faz muito pelo mesmo, me fizeram não dar continuidade no projeto. Tenho meus princípios, meu planejamento e principalmente seriedade, profissionalismo comprometimento e cobrança no trabalho, ainda mais no ano do Centenário do clube. Desejo sucesso ao clube e principalmente peço que a torcida nunca deixe de apoiar , pois podem ter certeza, o maior patrimônio do clube São VOCÊS !!!! Um grande abraço a todos e vida que segue..."


Foto: Divulgação/Bagé