Técnico Cristian de Souza faz apelo à CBF para socorrer os clubes pequenos

O futebol mundial sofre com a pandemia de coronavírus. Contudo, alguns penam mais e outros menos. Os times que participam de competições com cota financeira ou verba da televisão têm uma garantia em caixa. Entretanto, clubes do interior, como da Divisão de Acesso, possuem um aporte muito limitado.


Tendo em vista este cenário, os profissionais da bola também se posicionaram pedindo à CBF socorro as equipes pequenas do Brasil. A Confederação Brasileira de Futebol já anunciou uma ajuda aos clubes das Séries B, C e D. Aos demais, isenção de taxas de transferências, mas com o futebol paralisado essa iniciativa pouco serve. Já para as Federações, a CBF destinou R$ 120 mil a título de custeio das próprias entidades regionais.


O técnico do Veranópolis, Cristian de Souza foi um dos profissionais que se manifestou nas redes sociais. Com experiência em clubes do cenário nacional, como Paraná Clube, o treinador pediu amparo aos clubes menores.


"A entidade que mais fatura com o nosso futebol precisa ajudar os menores clubes, os sem séries, são os que mais empregam no país, na sua esmagadora maioria jogadores e funcionários que passam a maior parte do ano sem emprego!", declarou.


Muitos dirigentes também temem uma quebradeira sem um aporte financeiro maior. Poderemos ter no segundo semestre desemprego em massa, causando um grande impacto no mercado de trabalho do futebol do interior.


Imagem: Reprodução/Youtube/Paraná/Arquivo