Técnico do Cruzeiro sofre agressão após jogo em Bagé

O jogo entre Bagé e Cruzeiro terminou zero a zero nos 90 minutos da primeira rodada da Copa Verardi. Contudo, um fato marcou a partida e não foi protagonizado por nenhum jogador. Após o apito do árbitro, o técnico Fernando Agostini, do Cruzeiro, foi agredido dentro do gramado do estádio da Pedra Moura.


No twitter, o Cruzeiro postou o vídeo do momento em que o profissional é empurrado por uma pessoa dentro do campo de jogo. O clube diz que o ato partiu de um dirigente da equipe mandante.


Na imagem, é possível ver o treinador do time da região metropolitana sendo empurrado por uma outra pessoa. O treinador (de branco) chega a cair no chão com a força do ato. A arbitragem estava por perto e acompanhou toda a situação. A Brigada Militar chega logo na sequência para dar proteção ao árbitro e seus auxiliares.


O site peleiafc.com entrou em contato com o Agostini. Ele lamentou o ocorrido, mas frisou que os jogadores, a comissão técnica e até o investidor do Bagé lhe pediram desculpas.


"Assim acabou o jogo, o médico deles veio em minha direção e me agrediu com um tapa, me colocando no chão, inclusive, já tinha sido expulso antes. Só tenho a lamentar isso. Mas saliento que no final do jogo, a comissão técnica, os jogadores deles e o investidor todos vieram pedir desculpa", detalhou o profissional.

A súmula do jogo será divulgada somente na segunda-feira no site da FGF. No documento será possível ter detalhes do relato do árbitro sobre o ocorrido. O Bagé ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso nas redes sociais, canal que o clube usa para publicar informações.


Imagem: Canal FGF/Mycujoo