Técnico do Juventude destaca título do Interior após 10 anos e evolução do time

Na terceira colocação, o Juventude encerrou sua participação no Campeonato Gaúcho 2021. Pelo jogo de volta da semifinal, o Verdão acabou superado pelo Internacional por 4x1 e se despediu da competição. A equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos havia vencido a partida de ida por 1x0. O jogo ocorreu na noite de sábado (08/05), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Matheus Peixoto, de pênalti, marcou o gol Alviverde na partida.


Após o jogo, o técnico Marquinhos Santos disse que o vestiário sentiu a eliminação, pois o Juventude abriu uma vantagem no jogo de ida. O empate servia para o verdão. Segundo o treinador, os erros pontuais foram determinantes para a derrota.


"É uma eliminação doída, uma eliminação em que nós saímos tristes, o vestiário sentiu. A eliminação passa pela qualidade do Inter e alguns erros que tivemos que foram determinantes", comentou Marquinhos.


Marquinhos também ressaltou a campanha do time chegando às semifinais do Gauchão e conquistando o título do interior. O Juventude terminou como a 3ª melhor equipe depois da dupla GRE-NAL. Ele ainda frisou que o Juventude jogou todo o estadual fora de casa, pois o estádio Alfredo Jaconi está em obras.


"Foi vista uma evolução no time, tivemos uma dificuldade imensa no início de reconstrução do trabalho. Hoje foi o 15º jogo fora de casa, parece uma desculpa, mas não ter o Alfredo Jaconi é um fator determinante. Chegar a conquistar um título gaúcho do interior, após 10 anos, não jogando no Alfredo Jaconi e encarar de igual para igual, em uma semifinal, é mérito dos atletas, do staff e da diretoria", declarou.


Foto: Fernando Alves/E.C.Juventude