top of page

Técnico Gaúcho projeta temporada em clube da Série C

O treinador Cristian de Souza está em sua terceira semana de trabalho à frente do Maior da Paraíba. Anunciado pelo Botafogo no dia primeiro de novembro, o comandante iniciou a pré-temporada no dia 20 do mês passado. Após uma excelente temporada de 2023, com duas finais disputadas (vice-campeão amazonense pelo Manauara e campeão da Copa RS pelo São Luiz), o gaúcho projeta ir ainda mais longe em 2024, repetindo êxitos e melhorando desempenhos. Já no primeiro jogo-treino, diante do CSP, vitória por 1 a 0. Muito mais do que resultado imediato, o profissional salientou a importância de todos estarem unidos em relação ao trabalho.


“Primeiramente dizer que fiquei muito motivado quando recebi o convite do Botafogo. O Fausto (Momente, diretor executivo) entrou em contato comigo e disse que estavam montando o grupo de jogadores, ele já havia jogado no clube, conhece bem a realidade por aqui e me acompanhou lá no Campeonato Amazonense. Recebi o convite logo após conquistar o título pelo São Luiz, no Rio Grande do Sul, conversamos e alinhamos. Estamos desenvolvendo o trabalho, introduzindo aos atletas o meu modelo de jogo e a mentalidade necessária para quando chegarmos nas competições. O ano começa com uma decisão, mas ainda temos alguns jogos-treinos e mais atividades diárias para deixarmos tudo da melhor maneira possível”, destacou.


Neste ano, Cristian de Souza comandou um total de 26 partidas, divididas no Norte e no Sul do Brasil, com um aproveitamento de 73,07%. Com três competições pela frente (Eliminatória da Copa do Nordeste, Estadual e Série C), o treinador está consciente dos objetivos traçados pela diretoria. O Belo sequer chegou às finais do Campeonato Paraibano e não vence o certame há cinco anos.


“Falei na minha primeira coletiva e reitero que a força do Botafogo é muito grande. A gente sabe do potencial do clube, a importância dentro do Estado da Paraíba e na Região Nordeste e isto também me atraiu. Sou movido a desafios. Esta grandeza faz com que os objetivos sempre sejam maiores. Mas sou muito consciente do meu trabalho e na forma de dirigir uma equipe. Solidificar um trabalho passo a passo. Nossa temporada começa com uma final. Só depois deste jogo é que poderemos dar um próximo passo. E assim será sucessivamente. Tive um 2023 realmente positivo e tenho os objetivos pessoais igualmente e eles passam em fazer uma jornada vitoriosa também aqui na Paraíba. De minha parte não faltará empenho e trabalho para o Botafogo voltar a ser protagonista”, finalizou.


Foto: Cristiano Santos/Botafogo-PB

コメント


bottom of page