TÉCNICO MICHEL NEVES EMITE NOTA E AFIRMA NÃO ADMITIR INTERFERÊNCIA DE INVESTIDORES

Na segunda-feira, o futebol gaúcho foi surpreendido com a saída do técnico Michel Neves do comando do Bagé após a realização da primeira rodada da Divisão de Acesso. O time acabou empatando em 1 a 1 com o São Gabriel no estádio da Pedra Moura. Vale destacar o equilibrio da chave, pois todos os clubes empatam na abertura do campeonato. A notícia pegou todos de surpresa, já que o clube vinha de uma pré-temporada e teve seu trabalho interrompido, sem sequência. 

Em nota divulgada a imprensa, o treinador agradeceu ao torcedor e disse ter eterna gratidão e respeito pela instituição quase centenária. Ele contou que deixou o clube por não aceitar "a influência de investidores que se consideram dono do clube, sem conhecimento algum do futebol, acontecer isso logo com o GE Bagé instituição de diretores e colaboradores  de tradição no futebol do RS", declarou na nota.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

"Após um período de 42 dias à frente do comando técnico do GE Bagé, venho esclarecer os fatos da minha saída do clube. Este ano de 2019, completando um ano de clube, sendo num período inicial como auxiliar técnico e num estágio seguinte como treinador principal, sendo que considero este período como fundamental para minha trajetória como treinador. Porém, infelizmente, o ciclo teve um fim, de forma inesperada, empatando em casa na primeira rodada da competição. Agradeço o apoio de torcedores e colaboradores que estiveram sempre do meu lado. Deixo um agradecimento especial a torcida jalde-negra e minha eterna gratidão e respeito por esta instituição quase centenária. 

Saio do clube da mesma forma que entrei, obedecendo minhas convicções e ideias, não sendo vulnerável a influência de investidores que se consideram dono do clube, sem conhecimento algum do futebol, acontecer isso logo com o GE Bagé instituição de diretores e colaboradores  de tradição no futebol do RS. 

Fica aqui o meu repúdio com relação ao comportamento e atitudes profissionais do atleta Fernando Pacheco, sendo que infelizmente, este atleta considera-se maior que a instituição, tenho eu Michel Neves  com currículo nacional e internacional que quando este atleta estiver presente no grupo de profissionais, infelizmente, dificultam consideravelmente o andamento das atividades. Entendo que suas atitudes, exemplos e referências de um atleta local  deveriam ser diferentes para os atletas que de fora chegam. Jamais na minha carreira encontrei atleta de tal perfil, só tenho a lamentar por ele." #peleiafc

Foto: Divulgação