Técnico Xavante sobre estreia no Bra-Pel: Particularmente tenho bastante felicidade em clássicos

Hemerson Maria tem experiência no futebol nacional em clubes como Figueirense, Avaí, Vila Nova e Chapecoense. Anunciado pelo Brasil de Pelotas para a sequência da temporada, o profissional ainda não pode ir para a cidade gaúcha devido a pandemia e segue em Florianópolis trabalhando em home office.


Durante entrevista à Rádio Guarujá, na quarta-feira, o treinador comentou sobre a sua estreia no Xavante. De cara, um grande desafio, o clássico BRA-PEL, no estádio da Boca do Lobo. Questionado pelo repórter Jean Romero sobre o primeiro jogo em solo gaúcho, o treinador lamentou a partida ser de portões fechados, mas afirmou ter felicidade nos clássicos que já disputou na carreria.


"É o famoso Bra-Pel. Há um apelo muito grande na cidade por esse jogo. Uma pena que será realizado de portões fechados pela questão que está assolando o mundo e o país. A expectativa de fazer uma grande estreia, de fazer um jogo muito disputado contra o Pelotas para que possamos estrar com pé direito. Eu particularmente tenho bastante felicidade em clássicos, foi assim no estado de Goiás, onde disputamos 10 clássico e não perdemos nenhum jogo. Disputei o Rei do Ceará e nós vencemos também. Aqui em Santa Catarina na maioria dos clássicos as nossas equipes venceram. Essa é a nossa intenção. A vitória em clássico da moral para a sequência", contou à emissora catarinense.


Foto: Márcio Cunha/Chapecoense/Divulgação