Treinadores da Divisão de Acesso se unem em busca de ideias e soluções

Cerca de 100 profissionais da área técnica estão sem trabalhar devido a paralisação do futebol. O coronavírus parou o mundo em todos os setores. Este número é referente apenas a Divisão de Acesso, mas se pegarmos Gauchão e Terceirona Gaúcha, o número triplica. Somente treinadores, são 44 profissionais sem poder exercer a função.


Na Divisão de Acesso, os professores da bola decidiram se unir. Nesta semana, eles criaram um grupo, em uma rede social, pois como diz o ditado: uma andorinha não faz verão. A união dos profissionais prejudicados pela suspensão dos trabalhos pode resultar em ideias e solução para sair da crise. É com esse foco que os treinadores estão trabalhando. Além de ficarem atentos aos seus diretos, pois são trabalhadores com contrato assinado, os técnicos estão engajados em uma saída para o campeonato, segundo apurou o site peleiafc.com.


Existe um temor no interior quanto ao futuro. Ainda não há definição se o Acesso voltará somente no segundo semestre e como ficarão os contratos até o recomeço dos trabalhos. Entre as preocupações está a demissão em massa, algo que ninguém deseja, pois resultará em processos trabalhistas.