top of page

VÍDEO - Zimmermann dispara contra bandeira: "Fraco você é. Espero a cartinha do Sindicato"

O Brasil de Pelotas venceu o Concórdia por 1 a 0 e se classificou ao mata-mata da Série D. O Xavante irá enfrentar o Patrocinense, de Minas Gerais. O primeiro jogo é no Bento Freitas e o segundo fora de casa. Contudo, o Xavante não poderá contar com dois dos seus principais nomes na temporada. O lateral-esquerdo Mário Henrique foi expulso no fim do segundo tempo, assim como o técnico Rogério Zimmermann. Após o confronto, no sábado, no Bento Freitas, o treinador começou a coletiva esbravejando contra o bandeira gaúcho Claiton Timm.


"Esse bandeira, o Tim, começou o jogo e ele começou dizendo: 'Hoje não vai ter mimimi'. Veio condicionado. O jogo tá normal faltando quatro minutos, nenhum problema entre os atletas. O meu atleta o Mário caiu com câimbra. O Timm você vai pegar a porra deste vídeo no final do primeiro tempo. Um jogador deles cai na tua frente e porque não mandou levantar? Dar amarelo? onde você estava? Na tua frente. Pega o vídeo. Você não fez nada! Aí o Brasil fica com 10, parabéns Timm. Você tirou o meu lateral da próxima partida e me tirou. Você foi arrogante. Fraco você é. Quero uma cartinha do sindicato dos árbitros de novo. Você é médico? Entrou no campo para atender o jogador? Espero a cartinha do sindicato. É impressionante. Trabalho para caralho para classificar o Brasil e aí vem o Timm", declarou o treinador,


Na súmula, o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, de Goiás, detalhou a expulsão do lateral:


"Aos 45 minutos do segundo tempo, expulsei de campo apresentando o segundo cartão amarelo e em seguida o vermelho, da equipe do Brasil, de camisa número 6, senhor Mário Henrique pelo mesmo retardar a saída de campo em sua substituição. após a expulsão o referido atleta saiu normalmente", declarou o árbitro, que ainda descreveu a expulsão do técnico:


"Aos 45 minutos do segundo tempo, expulsei da partida apresentando cartão vermelho direto, da equipe do Brasil, técnico senhor Rogério Zimermann, pelo mesmo após a expulsão do atleta de sua equipe, partir em direção ao árbitro assistente número 1, senhor Claiton Timm, proferindo as seguintes palavras 'vai te fuder filho da puta, vem aqui meter a mão na gente, tens que apanhar pau no cu'. Após a expulsão o mesmo retornou ao assistente dizendo as seguintes palavras rosto a rosto 'a culpa é tua, tu é uma vergonha para o Rio Grande do Sul, metendo a mão no brasil', o mesmo precisou ser contido por integrantes da sua equipe. após sua saída a partida seguiu normalmente", afirmou.


VEJA O VÍDEO DA RECLAMAÇÃO


bottom of page