Veranópolis fecha parceria com a GSA para gerir o futebol e virar clube-empresa

O Veranópolis deu a largada na temporada 2022 e a primeira ação da diretoria foi o acerto com a GSA, empresa especializada em gestão esportiva que tem a missão de levar o clube novamente para a elite do futebol gaúcho. Com o acerto, ficará a cargo do grupo comandado por Daniel Dambrós a gestão de todo departamento de futebol do clube. A GSA foi parceira do Veranópolis no final dos anos 90 e início dos anos 2000. Vale lembrar que, comandando a base do Brasil de Pelotas, Dambrós levou o xavante à final do gauchão sub-20, ficando com o vice-campeonato da competição. “Fizemos uma parceria de 98 até 2002, que foi muito proveitosa com venda de jogadores e valor arrecado para o clube. Agora fomos procurados pelo prefeito da cidade, Waldemar de Carli, que é ex-presidente do Veranópolis. Eles viram o trabalho que desenvolvemos no Brasil de Pelotas e recebemos a missão de gerir o projeto com um trabalho de longo prazo aqui no clube”, afirmou Daniel Dambrós. Fora das quatro linhas competirá à GSA comandar a transformação do Veranópolis em SAF, seguindo o exemplo de grandes clubes do futebol brasileiro. O pensamento do novo diretor de futebol do clube é focar na estrutura para receber os atletas já a partir do próximo mês, tendo em vista o calendário do clube que se inicia em abril. “Estive no clube, vi uma baita estrutura de time de primeira divisão com alojamento, centro de treinamento e estádio. Um trabalho que a gente já larga na frente pela estrutura. Agora é ir pro campo, montar as equipes, buscar o título gaúcho sub-20 e o acesso para a primeira divisão com os profissionais”, disse Dambrós, que atuará ao lado do vice-presidente de futebol, Dirceu Paulo Sala. O pensamento é aproveitar atletas que tiveram bom desempenho pelo Brasil de Pelotas para a base, e buscar jogadores com rodagem para o profissional. “ O primeiro nome que posso confirmar é do meia-atacante Chico, que tem passagem pelo Vasco e Macaé, no Rio de janeiro. Chico Bala, como é conhecido, é um jogador habilidoso e rápido. Estamos de olho no mercado e vamos sempre buscar jogadores com experiência e com títulos na carreira, claro mesclando com a juventude que nos ajudou a disputar uma final de campeonato estadual sub-20. Na primeira passagem de Dambrós pelo Veranópolis, o clube disputou três semifinais do gauchão e uma semifinal do Brasileiro sub-17. Além disso, chegou a negociar atletas com clubes do Brasil e do exterior, como o Porto, de Portugal.


Foto: Divulgação