Ypiranga também busca se adaptar a crise da pandemia

Atualizado: Mai 18

Clubes com calendário nacional já começaram a fazer ajustes no setor financeiro deviso a pandemia de coronavírus. São Luiz e Caxias já acertaram com os seus jogadores e membros da comissão técnica uma redução salarial. Nenhum clube com contratos longos conseguirá manter a folha integral sem futebol.


Durante o bate-papo no programa "PELEIA FC ENTREVISTA" no Facebook do site, o jogador Neuton, comentou que o valor da Carteira de Trabalho vem sendo pago e o direito de imagem teve redução de 50% nos dois últimos meses.


"Estão cumprindo com que foi acordado do contrato até o final da Série C. Claro que a gente vai ter que sofrer com algumas consequências como do salário. As equipes hoje sofrem com a baixa verba de televisão e patrocínio. No primeiro mês foi feito 50% da imagem. A carteira foi paga integral. No segundo mês se repetiu também", contou ao jornalista Tiago Nunes.


Ainda segundo Neuton é um momento muito difícil. O defensor também contou que no momento não era oportuno retorno do Gauchão, devido ao aumento de casos de COVID-19, contudo, afirmou ser favorável terminar o estadual dentro de campo. O atleta, ex-Grêmio, também aprovou a decisão dos clubes de não haver rebaixamento.


Foto: Arquivo/Divulgação/Ypiranga