Zeca fica no empate com o Criciúma

O São José não conseguiu sair do empate em 0 a 0 com o Criciúma na noite deste domingo, no Passo d'Areia, pela segunda rodada do Brasileirão Série C. Foi o primeiro ponto somado pelo Zeca na competição. Com este resultado, a equipe termina a segunda rodada no 6º lugar do Grupo B.


A tônica da partida foi a do São José com muita insistência, principalmente na primeira metade do jogo, levando perigo ao gol adversário com jogadas pelos lados do campo, com Cláudio Maradona e Alessandro Vinícius, que buscavam o centroavante Bruno Mota para a conclusão. Por pelo menos duas vezes, o goleiro e os zagueiros salvaram no momento em que Mota marcaria o gol para o Zeca.

Mas não era o jogo de um time só. O Criciúma, quando encontrava os espaços, também levava perigo, obrigando Fábio a fazer duas importantes defesas no primeiro tempo.


Na segunda metade da partida, a insistência não diminuiu. O que desapareceu foram os espaços pelos lados do campo. E pelo meio, o São José também não encontrava as saídas para levar perigo ao gol adversário. Os visitantes, por sua vez, dedicaram-se ainda mais à defesa. E assim a partida se encaminhou para o final, empatada sem gols.


"Tínhamos uma proposta de explorar bastante os lados de campo, e foi assim que encontramos os espaços e as oportunidades para marcar. Mas essa situação mudou no segundo tempo, também por mérito do adversário. Foi um empate que só saberemos se foi um ponto ganho ou dois perdidos lá na frente. O fato é que seguimos na briga", disse o técnico Hélio Vieira ao final da partida.


O jogo de estreia do Zeca em casa neste Brasileirão Série C marcou o retorno do lateral-direito Márcio Lima aos campos, depois de oito meses de recuperação de uma lesão no joelho.


Antes da partida, o goleiro Fábio Rampi, que completou 250 jogos com a camisa do Zeca na estreia desta Série C, recebeu das mãos do vice-presidente de futebol, Milton Machado, uma placa em homenagem à marca histórica. Nesta noite, ele vestiu uma camiseta especial, comemorativa aos 250 jogos.


Foto: Eduardo Torres DKF Comunicação/EC São José