Zeca vence no Passo e chega à inédita liderança da Série C

O cronômetro marcava 17 minutos do segundo tempo. O atacante Matheusinho recebeu em velocidade na direita, uma bola na medida para a sua especialidade. E ele fez o que sabe fazer, entortou o marcador, gingou para cá e para lá e viu o espacinho se abrir para rolar a bola até o meia Rafael Tavares, na entrada da grande área. Com um movimento de corpo, ele atraiu o marcador e viu Karl infiltrar no espaço aberto. Tocou para ele como quem dá uma tacada suave na mesa de sinuca. Karl poderia concluir, mas o São José tem um matador. Ele teve a tranquilidade para dar uma bola rolada com sutileza para o outro lado da pequena área, onde Luiz Eduardo, o 9, entrava para completar para as redes.

Um golaço coletivo para ser aplaudido de pé e curtido com o tamanho que ele teve. Determinou o 2 a 0 do Zeca sobre a Tombense no Passo d’Areia, na tarde deste sábado, e levou, pelo menos provisoriamente, o São José à liderança do Grupo B do Brasileiro Série C, com 17 pontos. Antes, na primeira etapa, Rafael Tavares havia aberto o placar.

“É claro que é importante esta liderança provisória, mas não estamos nos orientando por isso. Ser líder não é o nosso objetivo, pelo menos não neste momento. Não podemos esquecer que somos o clube estreante na competição neste grupo, e que todos os bons resultados que temos conquistado são fruto de muita entrega de todos e de um trabalho coletivo excelente de todos os jogadores. Nós temos um primeiro objetivo, que é o de manter na Série C. Então, quando somarmos uns 23, 24 pontos, aí poderemos focar lá em cima com tranquilidade. E para isso acontecer, é importante termos o G4 sempre na mira”, disse, ao final do jogo, o técnico Rafael Jaques.


O Zeca volta a campo no começo da noite do próximo sábado, dia 6, fora de casa, contra o Luverdense.


Foto: Eduardo Torres Divulgação/EC São José