quinta-feira, julho 24, 2014

ESPECIAL: Profissionais do futebol do Interior e torcedores falam sobre a Copa !

                 A Copa do Mundo acabou, mas o evento foi marcante dentro e fora de campo. Devido a isso, o site PELEIA FC ouviu pessoas ligadas ao nosso futebol do interior para responder a seguinte pergunta: "Como você viu a Copa do Mundo, dentro e Fora de Campo?". Confira os depoimentos de torcedores que foram aos jogos do mundial e de profissionais ligados diretamente ao futebol:


Gelson Conte, treinador de futebol
Minha opinião que a copa fora de campo foi um sucesso, pela organização, acolhimento o povo estrangeiro que veio em peso ao nosso país. Dentro de campo muitas seleções se prepararam muito bem para essa disputa. Seleções menores trouxeram problemas para as favoritas, e falando da nossa seleção, por termos ganho a copa das confederações achávamos ser os favoritos, mas não tivemos uma preparação adequada para a disputa deste tipo de competição, que exige uma liderança dentro de campo, como em outros anos, mas acho que começamos perder esta copa fora de campo.


Lucas Maffei, Torcedor Xavante, que foi ao Beira-Rio
- Por fora, apesar de toda a minha desconfiança por eu já ter ido no jogo Inter x Brasil no gauchão que estava uma bagunça, fui surpreendido, não esperava toda aquela organização, apesar de uma fila grande pra passar pelo detector de metais, com certeza tava tudo muito organizado e seguro. Por dentro, aí são só elogios, o estádio é lindo, com bastante espaço pra circulação entre as fileiras, limpo e sem filas nos bares e banheiros.



Gilson Piber, Professor Universitário, Comentarista e Jornalista em Santa Maria
- Dentro de campo, foi a Copa das Copas. Tivemos jogos movimentados, com bom futebol e muita emoção, principalmente nas fases eliminatórias. Houve definição dos classificados em prorrogações e nos pênaltis. A Alemanha comprovou o favoritismo e mereceu a conquista do título mundial. A argentina mostrou organização tática. A Holanda apresentou um futebol coletivo de qualidade, onde prevaleceu a diversidade de funções de seus jogadores. Espanha, Itália e Inglaterra foram as decepções da Copa, sequer indo além da fase de grupos. O Brasil também decepcionou, pois não mostrou bom futebol nem teve variação tática. Ainda por cima, fez o fiasco de levar 7 a 1 da Alemanha numa das semifinais. A Costa Rica foi a surpresa positiva, vindo a seguir Colômbia e Chile. Fora de campo, algumas obras de infraestrutura não foram concluídas, muito em conta pelo planejamento inadequado. Mas o Brasil conseguiu fazer uma Copa boa, dentro das suas possibilidades. Vale ressaltar a hospitalidade brasileira com os turistas e o congraçamento entre as torcidas, bem como o trabalho da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que desbaratou a quadrilha que vendia ingressos ilegais para os jogos.


Donizetti Sousa, preparador de goleiros do Cerâmica
- Bom, em se tratando do evento esportivo do tamanho de uma Copa do Mundo foi excelente. Pude ver com entusiasmo grandes jogos, de qualidade e as torcidas dando um show, realmente, como anfitriões, demos uma aula de como receber os convidados. Dentro de campo, pude notar que não existe mais tanta diferença entre as seleções, tirando a Alemanha, que estava acima das demais seleções. Todas as outras deram aula de tática, posicionamento e transição de jogo(defesa-ataque). Notei, na minha área como preparador de goleiros, cair por terra o preconceito contra os goleiros visto como baixos, foram eles que fizeram a diferença em suas equipes. Resumindo foi a copa das copas, pois esperávamos uma coisa e foi totalmente outra.


Icaro Schultze, torcedor Gaúcho que acompanhou 4 jogos nos estádios, entre eles Brasil x Holanda
- Organizei e planejei minha Copa desde que o Brasil foi anunciado como país sede. Era meu grande sonho participar ativamente do evento. Eu vivi a Copa durante 31 dias da minha vida. Fui a 4 jogos, gostaria de ter ido a mais, mas não deu. Fui em Porto Alegre, Brasilia e Rio de Janeiro, passei pela Granja Comary, vi a grande final em Copacabana junto com um mar de mais de 100 mil argentinos e vi eles chorarem e brigarem, vi a seleção brasileira decepcionar, ser goleada e ao mesmo tempo, o povo cantando que era brasileiro com muito orgulho. Conheci pessoas e fiz amigos de todos os continentes. Vi tudo dar certo, aeroportos, segurança, transportes, mobilidade, estádios e principalmente, vi uma grande copa, e sim, foi uma Copa, para nunca mais se esquecer com grandes jogos, grandes jogadores, grandes seleções. O clima nas ruas, as pessoas, a interação dos povos e diferentes culturas, tudo no meu país,  tudo no Brasil, momentos que não vou esquecer nunca. Só posso agradecer por ter participado disto e que venha as Olimpíadas, onde lá estarei.



Marcos Pedroso, empresário de futebol
-Vi a copa dentro de campo com equipes jogando para frente em sistema de jogo bem ofensivos por isso teve grandes números de gols. Achei que questões como a da temperatura prejudicou um pouco o evento principalmente o horário perto do meio dia, pois equipes sentiram muito parte física. Penso que as 4 melhores equipes chegaram as semi e a campeão foi quem melhor se apresentou na copa. Achei a Costa Rica como grande surpresa. Fora de campo estive vendo alguns jogos nas sedes e achei tudo bem organizado e acho que essa parte, em relação ao Brasil, tínhamos desconfianças, mas de um modo geral nos sairmos muito bem

Com pênalti duvidoso no final, Novo Hamburgo larga em desvantagem

             Não era o resultado que o Novo Hamburgo almejava na primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. O time anilado foi derrotado pelo ABC-RN por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, dia 23, no Estádio Frasqueirão, em Natal, e agora precisa vencer por dois gols de diferença no duelo de volta na próxima quarta, dia 30, às 19h30, no Estádio do Vale, para avançar às oitavas de final. Se o Noia devolver o placar de 1 a 0, a decisão irá para os pênaltis. Não será uma missão fácil, por isso a torcida anilada precisa comparecer ao estádio para apoiar o Novo Hamburgo.

JOGO
           O Novo Hamburgo não se intimidou em jogar fora de casa e começou pressionando o ABC nos minutos iniciais. No entanto, o domínio anilado não resultou em chances claras de gol.
           Aos 32min, o Noia perdeu o volante Chicão lesionado e Alberto entrou na equipe. Dois minutos depois, o primeiro lance de perigo. Afonso escapou pelo lado direito e cruzou na área para Douglas. O atacante se esticou todo, mas não alcançou a bola.
           No final da etapa inicial, Alberto bateu falta. O goleiro Gilvan não segurou firme e Peixoto quase marcou.
           O ABC voltou melhor no segundo tempo, mas o Noia continuou levando perigo ao gol adversário. Aos 18min, após cobrança de escanteio de Afonso, a zaga alvinegra não afastou, e Peixoto acertou a rede pelo lado de fora. A equipe anilada ainda assustou aos 27min com Jônatas chutando duas vezes. Na primeira, a bola explodiu no peito de Gilvan; e a segunda passou perto da trave.
           Aos 33min, foi a vez dos donos da casa criarem uma boa chance de gol. Renato acertou um belo chute e por pouco não abriu o placar. Três minutos depois, mais um problema para o técnico Itamar Schulle. Afonso também saiu lesionado e deu lugar ao zagueiro Zé Carlos.
          Aos 48min, quando o jogo se encaminhava para terminar em 0 a 0, o árbitro Paulo Henrique Vollkopf assinalou um pênalti duvidoso em que a bola teria batido no braço do zagueiro Fred. Rodrigo Silva cobrou e fez o único gol da partida. Final: ABC-RN 1 x 0 Novo Hamburgo.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil 2014 – 3ª fase (ida)
ABC-RN 1 x 0 Novo Hamburgo
Local: Estádio Frasqueirão, em Natal
Arbitragem: Paulo Henrique Vollkopf, auxiliado por Eduardo da Cruz e Leandro Ruberdo
ABC-RN: Gilvan; Renato, Suéliton, Marlon e Luciano Amaral, Fábio Bahia, Daniel Amora, Xuxa (João Paulo) e Junior Timbó (Somália), Gilmar (Lúcio Flávio) e Rodrigo Silva
Técnico: Zé Teodoro
NOVO HAMBURGO: Vinicius; Afonso (Zé Carlos), Fred, Julio Santos e Peixoto; Chicão (Alberto), Jonas e Jônatas (Rafinha); Lucas Santos, Juba e Douglas
Técnico: Itamar Schulle

Site do NH

Pelotas faz os últimos trabalhos antes do embarque

Foto: Divulgação
            Com a chegada de mais uma partida da Série D, os trabalhos se intensificam na Bocado Lobo. Mas com as fortes chuvas que caíram durante todo o dia em Pelotas, o técnico Julinho Camargo não pode ir ao campo, e teve de comandar trabalho em uma quadra de grama sintética na cidade.
            Quem ficará a disposição é o zagueiro Bruno Salvador, que esteve fora dos últimos trabalhos devido a problema no joelho, mas após passar por ressonância magnética no joelho, não foi constatada lesão, e ele viaja com o grupo para o Rio de Janeiro.
            Mesmo com uma boa atuação na primeira partida, não se tem a certeza sobre repetição de time contra os cariocas. Soares e Bruno Renan seguem aprimorando a parte física, e não será surpresa se eles aparecerem entre os titulares. O grupo trabalha amanhã no começo da manhã, e as 10 horas, viaja para Porto Alegre. O embarque para o Rio de Janeiro está marcado para as 15 horas, no Aeroporto Salgado Filho.

EDSON BORGES
           Mesmo com a esperança do comandante do Lobo em contar com o zagueiro, Edson Borges não viaja ao Rio de Janeiro com o grupo, e também fica de fora da terceira rodada, contra o Londrina. O atleta está em período de recuperação do problema no joelho e como a quarta rodada marca folga para o Pelotas, Borges deverá estar em condições na quinta rodada, contra o Metropolitano.

Eduardo Torres / Futebol Daqui

Torcedores do Riograndense entregam agasalhos

Foto Facebook Divulgação
               Com a parceria entre a Associação Amigos do Riograndense e o Glorioso Esmeraldino, foram entregues nesta semana as doações dos agasalhos arrecadados através de uma campanha. A arrecadação das doações ocorreu durante os jogos da equipe esmeraldina pelo Estadual de Futsal, no Centro Desportivo Municipal. A entidade atendida foi o CACC - Centro de Apoio à Criança com Câncer. 

Destaque da base, Arthur renova contrato

Foto: Fernando Martinez/Aguante Comunicação
                De olho no futuro, o Grêmio tratou de renovar contrato com um dos seus principais atletas das categorias de base. Nascido em agosto de 1996, o volante Arthur renovou até o final de 2016 com o time gaúcho. Valorizado pelo grande rendimento na Copa Santiago e na Copa Carpina, nesta aliás, foi eleito melhor jogador da competição, o jogador de 17 anos despertou interesse de diversos clubes. Entretanto, adaptado a Porto Alegre, a revelação optou por seguir sua carreira no Tricolor.
              "Sei da importância de criar uma identidade com um clube. O Grêmio foi muito importante para meu crescimento como pessoa e profissional. Ainda estou em uma fase de aprendizado. Tenho certeza que tomei a melhor decisão ao acertar minha permanência aqui. Sempre existe aquela tentativa de seduzir o jovem jogador com várias propostas. Para minha felicidade tenho o apoio da família, que dá o suporte necessário e ajuda nas escolhas", disse.
             No início do ano passado, o então técnico Alexandre Gallo convocou o promissor volante para um período de treinamentos com o grupo da Seleção Brasileira Sub-17. Aprovado durante os testes, recebeu oportunidade no Sul-Americano na Argentina, no qual conquistaram a terceira colocação. Arthur demonstra maturidade em relação às metas.
            "O objetivo principal dos jogadores de base é buscar uma chance no profissional, mas claro que uma convocação para Seleção Brasileira é algo incrível. São momentos importantes em nossa formação. Jamais vou esquecer da experiência e estou trabalhando para que isso aconteça novamente", pontuou.
            Dentro de campo, o atleta natural de Goiânia/GO aguarda uma definição sobre a decisão do Estadual Júnior. Uma disputa jurídica entre São José e Internacional impede a disputa da grande final. Classificado, o Grêmio realiza uma série de amistosos para manter o ritmo de jogo do elenco.

quarta-feira, julho 23, 2014

Titulares do Grêmio levam 7 dos reservas

Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio
        O Grêmio voltou a trabalhar forte nesta quarta-feira, no estádio Olímpico. Durante o trabalho com bola, os reservas surpreenderam e fizeram SETE gols no time titular de Enderson Moreira. Os 11 principais jogadores não conseguiram balançar a rede no treinamento.
       Três, dos 7 gols, foram marcados pelo atacante Lucas Coelho, com direito a caneta no zagueiro Rhodolfo. Jean Deretti, também deixou três vezes a sua marca e Rodriguinho anotou os outros. O treino durou cerca de 40 minutos.

TIME TITULAR
- Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Werley e Saimon; Biteco, Ramiro, Luan, Giuliano e Fernandinho; Barcos. Depois Matías Rodriguez, Edinho, Zé Roberto e Rodriguinho entraram no lugar de Saimon, Ramiro, Biteco e Barcos, respectivcamente.

TIME RESERVA
- Busatto; Matías, Edinho, Bressan e Breno; Fellipe Bastos, Zé Roberto, Rodriguinho, Maxi e Dudu; Lucas Coelho. Depois Jean Deretti, Tinga, Walace, Marquinhos e Everton receberam colete de titular. 

Meia Chiquinho reforça o Caxias na Série C

Foto: Vinicius Azevedo-Assessoria Riograndense
          O experiente meia Chiquinho, com passagem destacada pelos clubes por onde jogou é o novo reforço do Caxias para a Série C do Campeonato Brasileiro. Conforme informações do repórter Marcelo Rocha, do site Futebol da Serra, o jogador acertou com a equipe Grená após as saídas de Bruninho e Maílson do grupo comandado pelo técnico Beto Campos. O atleta de 33 anos volta ao Centenário após 13 anos. Chiquinho vestiu a camiseta de diversos clubes do futebol do interior do estado. Seu último clube foi o Riograndense, de Santa Maria, na Divisão de Acesso.

São Luiz paga dívida de 340 mil

Foto e texto: Site São Luiz
             No último dia 18, em audiência realizada na 1º Vara Cível, o Esporte Clube São Luiz homologou o acerto de dívida com o Departamento Municipal de Energia de Ijuí.
            O valor da ação ultrapassava R$ 340.000,00 e era proveniente dos anos de 1995 a 2005, ou seja, 10 anos.
           O presidente do clube, Sadi Pereira, destacou a ação como um marco na história do clube “Efetuamos o acerto de uma das maiores dívidas, convertidas em muitos anos e que gerava muito transtorno ao clube” Finalizou.

Novos Tempos:
          Com o acerto de uma série de pendencias financeiras, o Esporte Clube São Luiz detém de todas as negativas governamentais, implementando a partir de 2014 um departamento de projetos qual ficará responsável pela captação de recursos para ações do futebol amador e categorias de base.
          Ainda sobre o acerto com o Demei, o Marketing do clube está trabalhando no projeto “Energia São Luiz” qual captará recursos através de desconto em conta de energia, por meio de um convênio firmado com a autarquia em junho de 2014.


Pelotas cria comissão para buscar a liberação da Boca do Lobo

 Foto: EC Pelotas / Divulgação
            A direção do Pelotas corre para tentar a liberação do estádio da Boca do Lobo para a sequência da Série D do Campeonato Brasileiro. O clube formou uma comissão para tratar do assunto diretamente com o Corpo de Bombeiros, de Pelotas. O estádio está sem o Alvará de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI). Segundo informações do repórter Caldinei Gomes, do Jornal Diário da Manhã, o clube teve uma despesa de 30 mil reais com o jogo de estreia da competição nacional no último domingo, em Gravataí.
           A comissão é encabeçada pelo vice presidente do Conselho do Lobão, Valter Carvalho; pelo diretor administrativo Adriano Bosembeker e pelo ex-presidente Manoel Soares, engenheiro. O principal problema é com relação a angulação dos degraus, que tem uma diferença de 1 centímetro. Sendo assim, o órgão de fiscalização exige a colocação de barras antiesmagamento. Outra exigência é o aumento em 70 centímetros da mureta da parte superior da arquibancada.

Técnico Flávio Campos é sondado pelo São Luiz


              Em preparação a disputa da divisão de acesso 2015, já ocorrem tratativas nos bastidores para a confirmação do novo comandante técnico do São Luiz para a próxima temporada.
              Um dos nomes cotados é o de Flávio Campos, que já comandou Juventude, Lajeadense, Esportivo, entre outros. Nesse sentido já houve uma conversa preliminar com integrante da comissão técnica de Flávio Campos que reiterou a intenção do treinador em assumir projetos de futebol não somente com vigência de curto prazo.

Volante e Zagueiro são os novos reforços do 15 Novembro


           Na tarde desta terça-feira, 22, o gerente de futebol do 15 de Novembro Marcelo Anicet confirmou a contratação de mais dois jogadores para a disputa da Copa Metropolitana. O zagueiro Fernando Santana e o volante Sávio Monteiro foram apresentados à comissão técnica e já treinaram com o grupo de jogadores.
         Anicet confirmou também o nome dos profissionais que atuarão ao lado do técnico Rafael Pergher na comissão técnica. Alessandro Fontoura será o preparador físico e Fernando Moura será o preparador de goleiros.

Amistoso
          No próximo sábado, 26, o 15 de Novembro realiza o primeiro amistoso antes da estreia na Copa Metropolitana dia 03 contra o Inter. O teste será realizado à partir das 15h30min no Sady Schmidt e o adversário será a equipe Sub 20 do Grêmio. Para este amistoso, haverá a cobrança de ingressos ao valor de R$ 20,00 para as arquibancadas, R$ 30,00 para as cadeiras inferiores e R$ 50,00 para as cadeiras superiores.

As novas contratações
Fernando da Costa Santana - Nando
Zagueiro
23 Anos
Clubes: Capital - DF
            Botafogo - DF 

Sávio Monteiro
Volante
19 Anos
Clubes: Capital - DF
            Botafogo - DF      
            Gama - DF

Assessoria

Meia realiza fisioterapia e revela ansiedade para voltar a jogar partidas oficiais

Foto: Divulgação | Kokka Sports
              O Estância Velha, equipe profissionalizada este ano na cidade de Canoas (RS), está se preparando para o segundo semestre. No próximo dia 6 de agosto, uma quarta-feira, vai enfrentar, fora de casa, o Panambi, pela partida de ida da Copa RS, competição semelhante à Copa do Brasil e que dará ao campeão uma vaga na competição nacional. E um dos destaques nos treinamentos e jogos-treinos do clube tem sido o meia Rafael Hirt, de 22 anos. Lateral esquerdo de origem, ele tem atuado como meia e também na ala esquerda, quando o técnico Roberto Marchetti opta por um sistema com três zagueiros.
             No entanto, Rafael não deverá estar em campo na estreia do Estância Velha no segundo semestre. Em jogo-treino realizado há cerca de dez dias, contra o time universitário da Ulbra, ele sofreu estiramento no músculo posterior da coxa esquerda. No primeiro semestre, enquanto o Estância disputou o Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão, Rafael recuperou a forma física e foi pouco utilizado. Agora, vinha entrando nas atividades e até marcando gols.
            - Estou ansioso para voltar a treinar. Quero me recuperar o mais breve possível, pois vinha treinando bem.
            Rafael Hirt realiza fisioterapia em Porto Alegre e, por enquanto, não pode treinar com bola. A previsão é que o trabalho dure até o final da semana que vem. Dependendo do resultado, o jogador poderá voltar a campo.
           Jogador de meio-campo, lateral-esquerdo de origem, Rafael Hirt começou no Grêmio e, antes de se apresentar no Fluminense/RJ, aos 17 anos, sofreu um acidente que o deixou afastado dos gramados. Rafael resolveu investir nos estudos. Foi cursar Engenharia de Energia. Após cinco anos, voltou ao futebol profissional em 2014, no Estância Velha.

Técnico do Novo Hamburgo ganha reforços para jogo desta quarta pela Copa do Brasil


              O Novo Hamburgo realizou na tarde desta terça-feira, dia 22, no CT do América-RN, o último treinamento antes de encarar o ABC-RN, pela Copa do Brasil. Os jogadores realizaram um trabalho de bola e um recreativo orientado pelo técnico Itamar Schulle. Após a movimentação, o grupo anilado regressou ao hotel onde está concentrado em Natal.
             O lateral-direito Afonso fez questão de elogiar a intertemporada que o Novo Hamburgo fez durante a Copa do Mundo: “Tivemos mais de um mês de treinamento muito bem realizado pela comissão técnica. Com certeza estamos bem preparados e aptos para fazer um bom jogo amanhã (quarta) e sair de Natal com um grande resultado“, declarou.
           A equipe anilada que irá em busca da vitória em Natal terá algumas alterações do time que venceu o JMalucelli. Durante a parada para a Copa do Mundo, o Noia perdeu vários jogadores, entre eles: Victor Brasil, Paulinho, Magno, Eder e Eliomar. No entanto, o técnico Itamar Schulle ganhou os reforços de Rafael Dal Ri, Edinaldo, Felipe Athirson, Matheus, Jônatas e Rafinha.
         Para o confronto desta quarta contra o ABC, Schulle não poderá contar com Preto, pois o meia pegou duas partidas de suspensão após a expulsão no primeiro jogo diante do JMalucelli. Como cumpriu apenas a automática, terá que cumprir mais uma partida.
         ABC e Novo Hamburgo se enfrentam nesta quarta, dia 23, a partir das 19h30, no Estádio Frasqueirão, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Na fase anterior, o Anilado passou pelo JMalucelli, enquanto que o time alvinegro eliminou o Atlético-GO.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil 2014 – 3ª fase (ida)
ABC-RN x Novo Hamburgo
Data: 23/07/2014 Horário: 19h30
Local: Estádio Frasqueirão, em Natal
Arbitragem: Paulo Henrique Schleich Vollkopf, auxiliado por Eduardo da Cruz e Leandro Ruberdo

Assessoria

Cerâmica perde penúltimo jogo-treino

Foto: Rodrigo Figueiró/CAC
           O time profissional do Cerâmica realizou o penúltimo teste da intertemporada na tarde desta terça-feira, 22. O Tricolor de Gravataí enfrentou o Sub-23 do Internacional em jogo-treino e, mesmo jogando bem, foi derrotado por 2 a 1 No CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada. No sábado o time enfrenta o Lajeadense, em Lajeado. “Tivemos 10 minutos iniciais ruins, com muitas dificuldades. Melhoramos no segundo tempo e a partida equilibrou. Criamos muitas chances e o resultado não diz o que foi a etapa final. O jogo em si me deixou muito satisfeito, principalmente em relação a alguns jogadores”, disse o técnico Hélio Vieira.

O jogo
         O colorado iniciou melhor a partida, atacando o Cerâmica. Já aos quatro minutos do primeiro tempo, Bruno abriu o marcador para o time da casa. Após algumas modificações do técnico Ceramista, o Tricolor de Gravataí voltou melhor na segunda etapa e empatou aos 16 minutos, quando Hugo avançou pela esquerda e chutou cruzado. O Internacional ampliou o marcador aos 21 minutos da etapa final com Bruno Sabiá.

Cerâmica: Giovani (Deivity), Dagoberto, Ícaro, Neguete (Kleber), Couto (Fábio Oliveira), Hugo (Fabiano), Maurinho, Rambo (Hyago), Neto (Léo), Gustavo (Netinho) e Cidinho (João Victor).
Técnico: Hélio Vieira.

Inter do 1º tempo: Alef, Anderson, Andrigo, Artur, Bruno, Daniel, Carlinhos, Gladestony, Romário, Marlon Bica e Rodrigo.
Técnico: Clemer.

Assessoria

Jogador do Pelotas vê evolução na equipe !

         Autor do gol do Pelotas na estreia, e um dos destaques do Pelotas do segundo semestre, o meia-atacante Claytinho, concedeu entrevista coletiva na tarde de hoje na Boca do Lobo, e falou sobre a partida contra a Penapolense. O camisa sete gostou da evolução do Pelotas, mas lamentou o empate: “O resultado valeu pela evolução da equipe. Mas pelo o que críamos, poderíamos ter saído com resultado melhor.”
Ainda sobre evolução, Claytinho comentou que gostou bastante da evolução do seu setor, o ofensivo:
“Evoluímos bastante a parte ofensiva. É um grupo que vem trabalhando forte desde o começo da preparação e merece essa melhora. Nos amistosos, não tivemos muitas chances de gol, mas com os treinamentos, já mostramos melhora, mas mesmo assim, tem muito mais coisa para evoluirmos. Estamos sofrendo perigo nos contra ataques, que o Julinho nos pede toda a atenção. Vamos trabalhar bastante até o final de semana contra o Boavista e tentar melhorar ainda mais.” – falou o jogador

COLETIVO
          Na tarde desta terça, o técnico Julinho Camargo optou por dar mais ritmo de jogo aos atletas que não vem começando as partidas. No treino coletivo contra a equipe sub-17 do clube, ele teve de improvisar na dupla de zaga, já que ainda não conta com Edson Borges, que não está 100% recuperado, e com Bruno Salvador, que hoje foi desfalque com problema no joelho. O time no trabalho teve a seguinte formação: Bruno Hepp, Bruno Mazuchello, Mikael, Helton e Fábio Gaúcho; Tiago Gaúcho, Bruno Renan, Willian Leandro e Diego; Feliphe e Soares.

Futebol Daqui - Eduardo Torres

terça-feira, julho 22, 2014

Caxias apresenta lateral esquerdo

Foto: Ser Caxias
             A direção da S.E.R. Caxias apresentou na manhã desta terça-feira (22) mais uma contratação para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. O lateral esquerdo Gabriel Ganzer chega para ser mais uma opção ao técnico Beto Campos. Treinando desde a semana passada no Estádio Centenário, o jogador tem condições legais e fica à disposição do técnico grená.
            Apesar de jovem, apenas 21 anos, Gabriel Ganzer tem boa experiência no futebol do Rio Grande do Sul. O lateral que começou a carreira no União Frederiquense disputando a Série A2 do Gauchão apresenta no currículo passagens pelo Juventude, Inter, São José, Santa Cruz e Palmeirense. No primeiro semestre defendeu o Cianorte, clube do interior do Paraná.
           Para Gabriel Ganzer, a oportunidade de atuar pelo Caxias representa um grande desafio e uma excelente oportunidade. “Expectativa é das melhores. Percebi que é um grupo bom, de qualidade e que sabe o que quer. Cheguei para ajudar e fazer o melhor para o Caxias”, afirmou o novo reforço grená.  

Nome: Gabriel Vitalino Ganzer
Data de nascimento: 24/11/1992
Naturalidade: Taquaruçu do Sul /RS
Altura: 1m84
Peso: 82 kg
Posição: lateral esquerdo
Clubes anteriores: Cianorte-PR, Palmeirense, Santa Cruz-RS, São José-RS, Internacional, Juventude, União Frederiquense

Assessoria

"Já fomos os melhores", diz Dunga ao ser anunciado novo técnico da seleção

Foto: Divulgação CBF
            A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou na manhã de hoje (22) que o novo técnico da Seleção Brasileira será Dunga. O ex-jogador vai substituir Luiz Felipe Scolari no comando da comissão técnica, duas semanas depois do fim da Copa do Mundo.
            O nome já era dado como certo pela imprensa nacional, apesar de não ter sido apontado abertamente por membros da CBF. Ao anunciá-lo, o presidente da confederação, José Maria Marin, destacou a experiência de Dunga na seleção: "Ficou demonstrada através de números, não apenas de palavras, de que possui todos os requisitos e capacidades para dirigir novamente a seleção brasileira".
             Na coletiva de anúncio, Dunga disse que vai buscar resultados, mas afirmou que não vai vender um sonho: "Não temos que achar que somos os melhores. Já fomos os melhores. Temos que resgatar novamente essa capacidade e temos talento para isso. Temos que ter a humildade de reconhecer que outras seleções trabalharam muito, por muitos anos para chegar onde chegaram e temos que trabalhar arduamente para reconquistar o direito de estar entre os melhores do mundo".
           Com a nomeação, Dunga inicia o segundo período à frente da Seleção Brasileira. Capitão da seleção do Tetra, em 1994,  ele comandou a equipe entre 2006 e 2010, período em que foi campeão da Copa América e da Copa das Confederações, mas foi desclassificado nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, e conquistou a medalha de bronze nas Olímpiadas de Pequim, em 2008.
            Como técnico da seleção, Dunga ganhou mais que perdeu, com 42 vitórias em 60 partidas disputadas. O Brasil comandado pelo técnico gaúcho empatou 12 vezes e perdeu seis, para as seleções de Portugal (amistoso), México (Copa América), Venezuela (amistoso), Paraguai (Eliminatórias), Holanda (quartas de final da Copa do Mundo) e Argentina (amistoso).

Agência Brasil

Novo presidente do Riograndense será escolhido dia 29

Foto: Tiago Nunes/Peleia FC
          O Riograndense tem eleição marcada para escolha do novo presidente na próxima terça-feira, dia 29, no estádio dos Eucaliptos. O Atual presidente Dilson Siqueira irá entregar o cargo junto com toda a diretoria. O mandatário acredita que na mesma noite será escolhido o novo presidente e vice do clube esmeraldino. Siqueira disse, em entrevista, a Rádio Imembuí, que seu nome está a disposição e que o clube tem bons nomes para seguir o trabalho centenário Periquito.

Atacante reforça o São José


                O São José segue se reforçando e pelos nomes promete montar uma base sólida para o Gauchão de 2015. Na segunda-feira chegou mais um atleta ao elenco de jogadores para a disputa do Regional e da Copa RS. O atacante Jô, com passagem destacada pelo Cruzeiro-RS é o mais novo contratado do Zequinha. O profissional já trabalhou com técnico Gilson Maciel, no estrelado.

Joel Cavalo vai comandar o Garibaldi no Regional

Divulgação
             O Garibaldi confirmou a comissão técnica para a disputa das competições do segundo semestre. O treinador da equipe é Joel Cavalo, um conhecido do torcedor.

Trajetória profissional:  
2008 a 2010 - Veranópolis - técnico base
2008- Especialização na área técnica - técnico
2008 - Curso superior bacharel em teologia  
2009 - Curso superior de bacharel em gestão ambiental
2009 - Bacharelado ed. física(cursando) - técnico
2010 - Curso profissionalizante na área técnica- técnico
2011 - Atlético RS - técnico
2011 - Serrano PR - técnico
2012 - Serrano PR - técnico
2012 - Caxias SC - técnico

Clássico Ca-Ju muda de data e terá transmissão do SPORTV

Foto: http://www.esportelovers.com.br/
                O Clássico CA-JU que abre o returno do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C teve sua data alterada. Conforme informação do site Futebol da Serra, a partida que estava marcada para o dia 10 de Agosto, domingo, foi antecipada para o dia 7, do mesmo mês, uma quinta-feira, às 21 horas, no Estádio Alfredo Jaconi. A mudança se deve a um pedido da TV. O jogo será televisionado pelo SPORTV.