SALE
Buscar

O São Paulo entrará com representação na Federação Gaúcha de Futebol (FGF) contra a arbitragem da Divisão de Acesso. O clube informou em um comunicado que levará pelo menos seis jogos com erros na Série A2. O clube entende que os equívocos influenciam diretamente na tabela de classificação da Série A2.


"Não podemos aceitar esse tipo de situação. Os árbitros são trabalhadores, pais de família que merecem respeito. Mas o fato é que são erros graves e que só acontecem contra nós, dentro e fora de casa", afirmou o presidente Deivid Pereira.


Ainda segundo o presidente, o clube enviará junto à representação os vídeos que comprovam os erros que prejudicaram o São Paulo na competição.


Foto: Fábio Dutra/São Paulo

356 visualizações0 comentário

Quatro jogos encerraram a 10ª rodada do Gauchão Série A2 - Divisão de Acesso neste domingo (19). E começaram a apontar diferentes cenários na briga pela lideranças nas chaves da competição. Lembrando que terminar na frente a fase de grupos dá vantagem de mando de campo nos mata-matas rumo ao acesso à primeira divisão estadual.

Veranópolis e Guarany seguem na ponta dos Grupos A e B, respectivamente. No entanto, o União Frederiquense venceu e agora está a um ponto do Pentacolor da Serra, que foi derrotado pelo Glória. Enquanto isso, o Alvirrubro de Bagé está mais tranquilo ao abrir quatro pontos de distância após vitória de virada sobre o vice-líder Lajeadense.


Confira os detalhes dos jogos do domingo:


Glória 3 x 2 Veranópolis - Não faltaram gols nem emoção na manhã deste domingo, no Estádio Alto da Glória. O Glória saiu na frente aos 19 minutos, com Bruno, que chutou de longe. Os donos da casa marcaram o segundo em cobrança de falta para área que Brandão completou de cabeça, aos 35. No final do primeiro tempo, o experiente Vacaria descontou para o Veranópolis. Na segunda etapa, o líder do Grupo A chegou ao empate aos 37, com Elias, que bateu de fora da área. Mas, no lance seguinte, aos 38, em cobrança de falta para a área, Romário garantiu a vitória do Glória.


Brasil-Fa 0 x 1 União-FW - O União Frederiquense segue a sua campanha de ascensão. Perdeu apenas na primeira rodada para o líder do Grupo A, o Veranópolis. Mesmo jogando fora de casa, nas Castanheiras, saiu à frente do Brasil. Aos 26 minutos, após roubada de bola no campo de ataque, Tony Jr invadiu a área e chutou forte: vitória e União vice-líder da chave, apenas um ponto atrás do Pentacolor da Serra.


Guarany 2 x 1 Lajeadense - No duelo entre líder e vice-líder do Grupo B, era esperado muito equilíbrio. Até nos gols os times combinaram. Aos 19, em falta cobrada da intermediária, Maycon desviou de cabeça e abriu o placar para o Lajeadense. Aos 34, o Guarany respondeu em levantamento feito da mesma região, mas, desta vez, a falta entrou direto da cobrança de Maurício: 1 a 1. O resultado já deixaria o Guarany invicto e na liderança, mas, aos 42 do segundo tempo, Dadalt acabou marcando gol contra em cabeçada na área, decretando a virada do time mandante no Estrela D'Alva.


São Gabriel 1 x 1 Bagé - Depois de um primeiro tempo em que o Bagé teve as melhores chances no Estádio Sílvio Corrêa, o panorama mandou no segundo tempo. O São Gabriel passou a pressionar e a criar oportunidades. Até que, aos 34 minutos, Jean Roberto recebeu cruzamento e cabeceou para as redes: 1 a 0 para o São Gabriel. Mesmo com um a menos, o Bagé reagiu e, também de cabeça, empatou com Tairone, aos 37. Ainda deu tempo de um quero-quero dar voos rasantes e atrapalhar a vida do goleiro Victor Brasil. Mas o placar ficou no 1 a 1.


Foto: Lenita Maraschin / Glória

Fonte: Lucas Rizzati e Angelo Pieretti /FGF

155 visualizações0 comentário

Quatro jogos abriram a 10ª rodada do Gauchão Série A2 - Divisão de Acesso neste sábado (18). Apesar de resultados diferentes, um elemento em comum uniu os duelos: o equilíbrio. Jogos disputados até o fim e decididos nos detalhes, com empates e vitórias apertadas. Quem comemorou mais foram as torcidas de Guarani-VA e Igrejinha. Os times venceram em casa e deram um salto na classificação.


Confira mais detalhes dos jogos:


Guarani-VA 1 x 0 Avenida - Em um jogo equilibrado e de raras oportunidades, os detalhes podem fazer a diferença. Luis Henrique é um bom exemplo. No primeiro tempo, o zagueiro teve uma boa chance para o Avenida ao cabecear um lançamento no travessão. E justamente o experiente defensor acabou marcando contra nos acréscimos da etapa final. Xaro cruzou, Luis Henrique se antecipou ao próprio goleiro e a bola acabou entrando: 1 a 0 para o Guarani, no Edmundo Feix, em Venâncio Aires, pelo Grupo B.


Igrejinha 1 x 0 Cruzeiro - Jogando em casa no Alberto Carlos Schwingel, o Igrejinha teve as melhores chances desde o início da partida. O goleiro Wellerson, do Cruzeiro, fazia boas defesas e conseguiu aguentar a pressão até os 24 minutos do segundo tempo. Após escanteio, o zagueiro Rafael Hasse tentou de cabeça, a bola voltou e, com o pé, conseguiu, enfim, estufar as redes do Estrelado: 1 a 0 para os donos da casa, em duelo pelo Grupo A.


Inter-SM 1 x 1 São Paulo - No Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria, o jogo válido pelo grupo B teve o primeiro gol da partida somente nos acréscimos do primeiro tempo. Lucas Salles colocou o São Paulo na frente do marcador. Na segunda etapa, aos 21 minutos, os donos da casa chegaram ao empate de pênalti. Chiquinho precisou de duas cobranças para marcar o gol. A primeira, o goleiro do São Paulo fez a defesa, mas o árbitro anulou, alegando que ele se adiantou. Na segunda tentativa, o experiente meia empatou.


Tupi 0 x 0 Passo Fundo - Na parte de baixo da tabela do Grupo A, os dois times foram a campo em busca do resultado. Assim, o jogo foi bastante aberto. Mas os goleiros acabaram sendo os destaques e assegurando o zero a zero no placar. A partida ainda esteve paralisada por 10 minutos para atendimento do Luiz Thiago, do Passo Fundo, que foi levado ao hospital após lesionar o braço em dividida.


Foto: Renata Medina / ECI

Fonte: Lucas Rizzati/FGF

199 visualizações0 comentário