Esclarecimento: Denúncia contra árbitro não é referente a agressão de jogador

A partida entre 12 Horas e Rio Grande, pela 6ª rodada da Terceirona Gaúcha, foi marcada por dois lances de agressão dentro de campo. Contudo, o árbitro não viu nenhum dos fatos e não relatou nada em súmula. Os lances chamaram a atenção nas redes sociais pela agressividade (confira o vídeo no final da postagem).


Após sair o edital de citação e intimação, do Tribunal de Justiça Desportiva da FGF, o procurador apresentou uma denúncia contra o árbitro Luiz Hermes em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e um deles fala em "deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida, prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar a punição de infratores". Por este artigo, a denúncia dava a entender que seria referente a não relatar as agressões em súmula.


Contudo, o peleiafc.com apurou que não se refere aos lances de agressão. A denúncia é referente a falta de informações quanto ao tempo de jogo que o árbitro expulsou o auxiliar do 12 Horas e as palavras proferidas contra a sua pessoa, impossibilitando a punição do envolvido. O árbitro Luiz Hermes Júnior também não detalhou o momento da expulsão de um gandula e o que ele disse. Por esses dois fatos, o julgamento será realizado no próximo dia 8.