Árbitro relata em súmula confusão no jogo entre Bagé e Cruzeiro

O final da partida entre Bagé e Cruzeiro foi conturbada no estádio da Pedra Moura no último domingo, pela 1ª rodada da Copa Verardi. Na terça-feira, a Federação Gaúcha de Futebol divulgou a súmula da partida. No documento, o árbitro Jeferson Eduardo Custodio Moraes relatou ter expulsado aos 74 minutos de jogo, o médico do Bagé Paulo Machado por sair de seu reservado e atingir o atleta número seis do Cruzeiro Ivan Lima com um empurrão.


O árbitro detalha ainda ter advertido com cartão amarelo o técnico do Cruzeiro, Fernando Agostini durante a paralisação. Após o jogo, o treinador também foi expulso por reclamação contra o quarto árbitro. Neste momento é registrada a agressão, através de um empurrão, contra o treinador visitante.


"Em ato contínuo, entrou novamente no campo de jogo o SR. PAULO ROBERTO SANDIM MACHADO e atingiu com um empurrão o Sr. FERNANDO AGOSTINI. derrubando-o ao solo. A Brigada Militar teve que ser empregada para dispersar tumulto entre as Comissões Técnicas de ambas equipes. Provocado pela atitude do Dr. PAULO MACHADO. Ainda em tempo o Doutor Paulo Machado permaneceu no seu reservado após sua expulsão por não ter outro médico relacionado na partida ", escreveu o árbitro na súmula.


Agora o caso deverá ser analisado pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FGF.


Imagem: Mycujoo/CanalFGF/Divulgação