top of page

"É dolorido", resume técnico do São José após acesso escapar pelo VAR

O roteiro que se desenhava era épico. Aos 50 minutos da segunda etapa em um jogo com campo completamente alagado daria a vitória e a condição ao São José chegar no acesso à Série B, em Brusque, na tarde deste domingo. No entanto, depois de sete inexplicáveis minutos, o VAR definiu pela anulação do gol marcado por Lucas Sampaio.


om o empate em 0 a 0 contra o clube catarinense, o Zeca chegou aos 6 pontos ao final da fase decisiva do Brasileirão Série C. Insuficiente para o acesso. Na outra partida da rodada, onde, diferente de Santa Catarina, a arbitragem compreendeu a situação precária do campo pela forte chuva e paralisou a partida por quase uma hora, o Operário venceu e chegou ao acesso. Era o resultado que serviria ao Zeca em caso de vitória.


“Foi um resultado muito triste pela forma como aconteceu, e por toda a nossa campanha nessa temporada. O clube de menor orçamento, que ninguém acreditava, chegou à última rodada com chance de subir e fez o gol que daria essa condição. É dolorido. Mas este grupo, que mais uma vez não desistiu nunca, fez o clube aumentar o patamar, sem dúvida”, disse ao final da partida o técnico Thiago Gomes.


O Zeca encerra o Brasileirão com o 6⁰ lugar. A melhor campanha na história do clube nesta divisão nacional. E não há tempo para lamentar. Na quinta, o Zeca já começa a decidir a Copa FGF Rei Pelé, contra o São Luiz. O título garantirá a Copa do Brasil em 2024, e a definição dessa taça será no Passo, no próximo domingo.


Foto: Eduardo Torres/São José

Opmerkingen


bottom of page