"É um momento único", afirma auxiliar gaúcho finalista do Catarinense


O Camboriú é a grande sensação do futebol da região sul do país. O time cotado para não cair no Campeonato Catarinense chegou à final do estadual. O clube eliminou o Figueirense no último final de semana. Além da disputa do título, a equipe garantiu vaga na Série D de 2023 e na Copa do Brasil. Já é a melhor campanha da história. A comissão técnica conta com um profissional gaúcho, Kinho Forgiarini, auxiliar técnico. Segundo ele, o momento é único.


"É um momento único participar dessa final, já são 2 campeonatos e 2 finais em sequência com o Camboriú FC, um clube que todos cogitavam como rebaixado na competição e hoje fazendo essa grande final do Catarinense, com vaga garantida na série D e Copa do Brasil em 2023", comentou.


Kinho trabalha com o técnico Luan Carlos, que tem apenas 29 anos, mas acumula já um vice-campeonato em 2020 no Campeonato Goiano. O treinador é uma jovem revelação do futebol brasileiro e busca a afirmação no cenário nacional. Forgiarini também comenta sobre essa filosofia do clube.


"O clube criou uma filosofia de trabalho, o Luan foi o treinador contratado com o perfil para dar ênfase metodológica no processo e eu como auxiliar permanente do clube teria que dar esse respaldo para ele. Acredito que vamos seguir trabalhando juntos nos próximos desafios", comentou.


Sobre o modelo de jogo da equipe catarinense, ele explicou alguns pontos. O grupo, por exemplo, tem autonomia para a melhor tomada de decisão dentro de campo.


"Tem um modelo de jogo que foi se adaptando durante a temporada de acordo com as características dos jogadores, mas com muito treino e criando hábitos, eles tem clareza nos comportamentos do que fazer na fase ofensiva, defensiva e nas transições (saber o que fazer quando tem a bola e principalmente quando perde a bola), damos autonomia aos jogadores para tomarem as melhores decisões durante o jogo", finalizou o auxiliar Kinho Forgiarini.


Foto: Tiago Winter/Comboriú/Divulgação