Após 55 anos, funcionário histórico vai pendurar o crachá na FGF

A hora de “pendurar as chuteiras” não é um momento fácil para nenhum atleta. Assim como não é para Edir de Quadros a decisão de “pendurar o crachá”, depois de 55 anos de serviços prestados ao futebol gaúcho. A trajetória de mais de cinco décadas como funcionário da Federação Gaúcha de Futebol – FGF, atuando como auxiliar administrativo, secretário de futebol profissional, secretário geral e diretor do departamento de futebol, se confunde com a própria história centenária da entidade.


Nesta segunda-feira (21), durante o Congresso Técnico do Gauchão 2021, Seu Edir foi homenageado pela diretoria da FGF. O presidente Luciano Hocsman entregou a ele uma réplica da taça do Gauchão e destacou toda a sua importância para a instituição e para o esporte:


– Todo mundo almeja ganhar uma taça de campeão. E esta é a taça mais merecida que já entregamos, pois Seu Edir é um verdadeiro campeão, por tudo o que fez pelo futebol gaúcho ao longo desses anos de trabalho.


Aos 81 anos, Seu Edir esbanja saúde. Mas, do alto de sua sabedoria, entendeu que era o momento de descansar e assumir o papel de torcedor do futebol gaúcho. Seu legado, entretanto, seguirá sempre presente na instituição. A partir de agora, em sua homenagem e como forma de reconhecimento por toda sua dedicação, a sala do Departamento de Competições passa a se chamar Edir de Quadros.


Foto: Matheus Pé / FGF TV

Texto: Christiane Matos/FGF