Atacante do Inter SM comenta retorno ao futebol após um semestre parado

Da mesma forma que muitas outras profissões, os jogadores de futebol também ficaram em espera por um longo tempo, até a volta de uma competição estadual. Essa situação é ainda mais grave para os atletas do futebol gaúcho, uma vez que a Divisão de Acesso foi cancelada. Muitos clubes optaram por não atuar mais de forma oficial em 2020, devido ao grande prejuízo acarretado com a pandemia. Apesar disso, aos poucos a modalidade vai renascendo no interior do Estado, longe dos grandes estádios e competições.


Um bom exemplo disso, é o Inter, de Santa Maria, que após ver o cancelamento da segunda divisão optou por permanecer ativo na temporada e vai estar em campo na Copa FGF. O clube estreia, na sexta-feira, contra o Santo Ângelo.


No seu elenco, estará presente um atacante já bem conhecido do torcedor. Trata-se de Dill Moreira, de 25 anos, que atuou com a camisa do Colorado na Divisão de Acesso do ano passado. Na época, totalizou 11 jogos com dois gols

marcados.


“O sentimento de voltar a vestir a camisa do Inter de Santa Maria é o melhor possível, tive alguns outros contatos que estudei, mas quando chegou o convite do Inter, de Santa Maria, não pensei duas vezes”, ressalta o jovem atacante.


Apesar do retorno aos jogos profissionais estar próximo, o atacante comenta como foram os meses longe do futebol e se passou alguma dificuldade por não exercer a sua profissão.


“Esse período sem futebol foi muito complicado pois por um tempo não consegui nem realizar os treinos sozinhos para manter a forma. Isso porquê, na minha cidade, como a maioria do país, entrou em um lockdown. Aos poucos, algumas coisas foram liberando, na minha residência tem um espaço que me ajudou em alguns treinamentos. Durante esse tempo todo, continuei focado e na expectativa que pudesse ter uma competição para atuar ainda esse ano”.


Por fim, ele ressalta que o torcedor do Internacional de Santa Maria pode ter esperança que o clube lutará pelo título da competição e a vaga na competição nacional.


“O trabalho tem sido feito com sucesso, o Inter escolheu muito bem as peças para compor o elenco e fazermos uma ótima competição. Tenho certeza que vamos brigar muito forte pelo título e esse é o único intuito de todos por aqui”,

finaliza Dill Moreira.


A Copa Federação que iniciou neste mês de novembro contará com a presença de onze equipes divididas em dois grupos, o campeão conquista uma vaga para disputar a Copa do Brasil de 2021.


Foto: Renata Medina/Inter SM