Atletas do São José são divididos em grupos e seguem protocolos rigorosos


O preparador físico do São José, Rafael Dias, classificou a retomada dos treinos pelo clube como muito diferente. Segundo ele, é uma nova realidade enfrentada. O São José está cumprimento um protocolo rigoroso com isolamento dos atletas. Eles foram divididos em quatro grupos de seis e mais a equipe dos goleiros.


Durante entrevista à Rádio Imembuí, de Santa Maria, Dias comentou que todos os jogadores passaram por exames clínicos para covid-19. Nenhum testou positivo para a doença. Neste momento, o foco das atividades é exclusivo na parte física.


"É tudo muito diferente do que já passei no futebol. Os atletas treinam sem contato nenhum de um grupo com outro. Neste momento são puramente trabalhos físicos, não podemos realizar trabalhos coletivos e táticos", contou Rafael à repórter Angélica Varaschini.


Um dos temores quando o futebol nacional voltar é o nível das lesões. No Campeonato Alemão foram oito lesões na primeira rodada após a paralisação. A justificativa é o pouco tempo de recondicionamento e o longo período parado. No São José, o preparador físico destaca que serão quase duas pré-temporadas projetadas neste recomeço.


"Vão ser quase duas pré-temporadas divididas. Vai ser uma readaptação física de 20 a 30 dias para daí sim começar uma pré-temporada normal podemos dizer assim, como fazemos no início do ano. Dividimos para evitar o máximo de lesões. Acreditamos na volta do Gauchão, mesmo não tendo essa data fixa", contou o profissional.


De acordo com Dias, em média houve 14% de perda de força e mais de 10% de capacidade aeróbica nas primeiras avaliações. Índices semelhantes aos observados pelos clubes europeus, quando fizeram suas retomadas aos treinos após o isolamento.


Rafael frisou que o Zeca segue todos os protocolos de saúde. Os atletas receberam kits com fardamento e se vestem em casa. Antes de entrar no estádio passam por uma triagem do departamento médico para conferir a temperatura e fazem a higienização. O ingresso ao estádio é de máscara. Quando finaliza o treino devem colocar novamente o equipamento de proteção.


Imagem: Reprodução/Facebook/Eduardo Torres/São José