Brasil emite nota após caso de injúria racial no Bento Freitas

O jogo entre Brasil de Pelotas e Brusque pela Série B do Brasileirão foi marcado por um caso de injúria racial, registrado na súmula da partida. Durante o jogo no Bento Freitas, um torcedor do Brasil foi retirado do estádio pela Brigada Militar. A partida foi vencida pela equipe catarinense por dois a zero.


Em nota, o Brusque declarou que durante a partida na quarta-feira, "um torcedor do Brasil de Pelotas cometeu ato de racismo, ao chamar o zagueiro Sandro de 'negro desgraçado'", finaliza a nota.


O Brasil também se manifestou nas redes sociais. O clube repudiou qualquer ato de injúria ou manifestação discriminatória. O Xavante também afirmou que os fatos serão apurados internamente para identificar os envolvidos para que não se repita.


Nora Oficial


As cores do Grêmio Esportivo Brasil são e sempre serão o nosso sangue e a nossa raça. Assim, o Clube vem a público dizer que repudia veementemente qualquer ato de injúria ou manifestação que tenha por objetivo discriminar qualquer pessoa, seja pelo motivo que for, principalmente em razão da cor de sua pele.

Lamentamos os fatos que vêm sendo veiculados nos meios de comunicação, os quais, serão apurados internamente com o objetivo de comprovar sua existência e, sendo necessário, identificar os envolvidos, colaborando com todo esforço para que não se repitam.

Desde já fica a solidariedade do Clube, de sua Diretoria e de sua Torcida a toda pessoa que, por qualquer motivo, sofreu ou venha a sofrer discriminação em razão se sua cor ou raça.