Brasil-Pel toma chapéu do rival e emite nota após atleta parar na Boca do Lobo

Nesta semana, o Pelotas apresentou um reforço para o Campeonato Gaúcho 2020. O atleta Felipe Guedes deixou a Baixada e foi parar na Boca do Lobo. O chapéu no rival rendeu uma nota oficial da direção do Brasil de Pelotas nesta sexta-feira.


O rubro-negro se mostrou surpreso quando ao assunto. O clube declarou que durante o mês de dezembro, abriu negociações com o referido atleta, chegando a um acordo verbal, inclusive sendo solicitado pelo jogador, a emissão do pré-contrato e dos bilhetes aéreos para a sua apresentação junto ao clube. 


Aguardado para o dia 27 de dezembro, juntamente com os demais profissionais do Xavante, Guedes teria solicitado ao presidente Ricardo Fonseca que emitisse uma nova passagem, para o dia 02 de janeiro, alegando que não poderia apresentar-se com os demais jogadores.


Entretanto, segundo o Brasil, "nos últimos dias, o jogador passou a não atender mais as ligações do clube, sem dar justificativa alguma ou sem nenhuma informação sobre a sua situação, a qual o clube, hoje pela manhã, tomou conhecimento de seu acerto com outro clube de futebol", diz a nota.

 

A diretoria Xavante também criticou a postura do atleta. "Não sabemos se o pré-contrato solicitado foi usado como argumento para negociação com outros clubes, porém não esperávamos comportamento deste porte", declara o documento.


Foto: Tales Leal | AI ECP