Caxias lança projeto de doação coletiva e busca arrecadar 2 milhões

Já é de domínio público que o Caxias passa por uma grande reestruturação no clube desde o final de 2015. Com a atual gestão à frente do Grená, houve mudanças e evoluções desde o setor financeiro, administrativo e também no futebol. É evidente que dificuldades financeiras são encontradas diariamente, tanto para manutenção do clube, como para possíveis melhorias desejadas. E com a chegada do coronavírus, todo esse processo se tornou ainda mais difícil e quase que inviável.


Com a paralisação de jogos, perdas de patrocínios, redução no quadro social e sem as rendas das partidas decisivas do Campeonato Gaúcho 2020, em que o clube já havia conquistado a classificação, estima-se que o prejuízo do Caxias passe de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais).


Desta forma, a direção, conhecendo o engajamento maciço da torcida grená, lança a Campanha de Doação Coletiva – Honradores da História, visando arrecadar R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais). Este montante será destinado a manutenção do clube para arcar com as despesas fixas, elencadas abaixo:


Impostos;

Folha de pagamento atual;

Alimentação;

Luz.


Em troca da participação dos doadores, recompensas planejadas minuciosamente serão entregues como forma de retribuição aos Bravos Honradores. As doações devem ser realizadas no site do clube, pelo link https://www.sercaxias.com.br/honradoresdahistoria. No site, o torcedor poderá escolher qual categoria se encaixa no seu orçamento. Os valores variam de R$ 20,00 a R$ 20.000,00, com recompensas que vão de um certificado digital até o acompanhamento da delegação em um jogo oficial do clube. Mais de R$ 50 mil já foram arrecadados neste começo da campanha coletiva.