Com técnico interino, São José enfrenta o Cruzeiro em amistoso


Começou com um clássico, mesmo que em forma de amistoso, mas com direito a uniformes de jogo e portões abertos na manhã deste sábado, o período de dez dias que o São José terá de preparação até o próximo jogo oficial da equipe, no dia 27 de fevereiro, pela segunda fase da Copa do Brasil. E o resultado foi positivo. Com gols de Thayllon e Alexandre, o Zeca fez 2 a 0 no Cruzeiro, no Ze-Cruz, que teve a participação dos atletas que não iniciaram o jogo contra o Caucaia, na última quarta.


À beira do campo, no Passo d'Areia, estava Éverton Vanoni. Auxiliar técnico no Zeca desde o começo da temporada 2019, Vanoni comandará a equipe neste período.


"Nosso desafio será retomarmos o DNA do São José. Vamos trabalhar intensamente os conceitos de jogo que têm caracterizado o clube nos últimos anos. Um estilo vibrante e que jogue, que proponha o jogo", explica.


Vanoni é formado em Educação Física e antes de chegar ao Zeca em  passou por 15 de Campo Bom, Criciúma, Caxias, Luverdense, Novo Hamburgo e CRB. Ao lado dele, segue José Rafael da Silva, também auxiliar técnico na comissão permanente do São José.


Na manhã deste sábado, quem esteve no Passo teve uma amostra da característica que será trabalhada nos próximos dias. Com muita intensidade na marcação da saída de bola do adversário, que se prepara para a Divisão de Acesso do Gauchão, o São José dominou o teste e poderia ter ampliado o placar.


"Foi muito bom um teste como esse, porque é sempre um clássico com o Cruzeiro. Isso mantém o time com nível de competição elevado. Além do resultado positivo, que sempre é importante, seja em amistoso, teste ou jogo oficial", diz.


Na programação de treinamentos dos próximos dias, é possível mais um teste no próximo sábado, dia 22. Antes disso, no dia 19, será definido o adversário na Copa do Brasil. Boavista e Chapecoense enfrentam-se em Saquarema, no Rio de Janeiro. A próxima partida no Passo será às 19h15min da quinta, dia 27 de fevereiro.


Foto: Aleksander de Araújo/Divulgação