Com um jogador a menos, Juventude sai na frente, mas é superado pelo Athletico

O Juventude mostrou muita raça em mais uma rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Com um jogador a menos desde a metade do primeiro tempo, o Verdão saiu na frente contra o Athletico, mas acabou superado pelo placar de 2x1. A partida ocorreu na tarde deste sábado (18/09), na Arena da Baixada, em Curitiba. Ricardo Bueno, de pênalti, anotou o gol do Verdão. Com o placar, o Ju segue com 23 pontos, na 14ª colocação.


O jogo


O Juventude iniciou bem a partida e tomou a iniciativa nos minutos iniciais. Logo aos três, Castilho tabelou com Paulinho Bóia e arriscou de fora da área. A bola desviou e saiu para escanteio. Marcando alto, o Verdão dificultou a troca de passes do Athletico no campo defensivo. Aos nove, Dawhan desarmou no ataque, Paulinho Bóia pegou a sobra e finalizou. A bola desviou na marcação e saiu pela linha de fundo.


Os donos da casa chegaram com perigo aos 20. Terans recebeu na entrada da área e mandou de esquerda. Douglas fez grande defesa. No lance, Forster acertou Nikão ao tentar fazer o desarme e, após consultar o VAR, o árbitro Léo Simão expulsou o atleta do Verdão. Mesmo com um a menos, o Ju seguiu organizado e aos 38, criou grande chance. Castilho fez bom passe entre a marcação, Ricardo Bueno invadiu a área e finalizou. A bola foi na rede pelo lado de fora.


O segundo tempo iniciou movimentado na Arena da Baixada. Aos dois, Bissoli recebeu cruzamento e mandou de cabeça. Douglas fez grande defesa. Aos oito, Alyson fez jogada pela esquerda e tocou para Castilho no meio. O camisa 99 invadiu a área e foi derrubado. Pênalti. Ricardo Bueno bateu com categoria e abriu o placar para o Verdão. 1x0.


O Athletico, porém, chegou rápido ao empate. Aos 15, Abner fez o cruzamento e a bola tocou no braço do Paulinho Bóia. Pênalti. Bissoli bateu e deixou tudo igual. O Juventude respondeu aos 22. Castilho roubou a bola na linha de fundo e foi derrubado perto da risca da grande área. Paulinho Bóia cobrou a falta com perigo, mas a zaga afastou. A equipe paranaense virou aos 25. Renato Kayzer recebeu cruzamento e de cabeça fez o 2x1.


O Juventude seguiu lutando em busca do empate. Aos 40, Ricardo Bueno arriscou de longe e obrigou Santos a fazer difícil defesa. Aos 47, Paulo Henrique fez jogada individual e passou por três marcadores, mas na hora da finalização, não pegou bem na bola. Com um jogador a menos durante praticamente todo jogo, o Verdão lutou até o final, mas acabou superado pelo Athletico.


Pela 22ª rodada o Juventude recebe o Santos. A partida está marcada para o próximo domingo (26), às 16h, no estádio Alfredo Jaconi.


Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude