CT da base do Grêmio ganha sistema de iluminação

Mais um novo patamar foi alcançado com as obras de modernização do Centro de Formação e Treinamento Presidente Hélio Dourado, em Eldorado do Sul. Nesta semana, o conjunto de iluminação artificial instalado no campo principal junto ao Pavilhão Airton Ferreira da Silva foi ligado, estabelecendo a possibilidade de realização de partidas noturnas em breve.


Com a presença de um equipe técnica contratada pela Confederação Brasileira de Futebol, testes foram realizados para verificar o nível de iluminação incidindo em todo o gramado para identificar a necessidade de possíveis ajustes e, assim, estabelecer o máximo aproveitamento dos conjuntos de refletores compostos por luzes de led.


"Esta iluminação foi instalada e regulada de maneira uniforme em todo o campo, buscando o melhor aproveitamento possível. Agora, este teste minucioso estabelece uma malha em todo o campo, dividido em quadrantes, que vai apontar manchas de sombra. Assim será possível ajustar as luminárias e fazer as regulagens que ainda sejam necessárias", explicou o Gerente de Patrimônio do Grêmio, engenheiro Fernando Radin.


Em cada poste foram instaladas sete placas, compostas por oito lâmpadas em cada, totalizando 56 lâmpadas. Dessa forma, no conjunto de cinco postes em torno do campo são 280 lâmpadas em funcionamento. Além disso, na platibanda do pavilhão são mais sete placas com 16 lâmpadas em cada, somando 112 luminárias. Asim, todo o conjunto de iluminação compreende 392 lâmpadas de led, com a capacidade média de 250 lux de fluxo luminoso sobre o campo de jogo.


"A ideia é que possamos receber partidas noturnas. Assim podemos minimizar custos deixando de alugar estádios de outros clubes, ao mesmo tempo em que buscamos implementar uma iluminação superior ao que víamos nesses locais. Claro que não será como um padrão do que temos, por exemplo, na Arena. Mas será algo que atenderá as nossas necessidades. Colocamos conjuntos de iluminação de led, o que permite um consumo bem menor de energia. Construímos uma subestação de energia para suprir a necessidade aqui do mini-estádio no CFT, assim como das novas instalações nas obras que estão em andamento", concluiu Radin.


Agora o Clube segue o planejamento para possíveis ajustes técnicos e, assim, efetivamente passar a receber partidas noturnas em seu CFT. Mais um avanço para o local de formação dos jovens gremistas.


Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio