Estado publica esclarecimento sobre funcionamento dos clubes de futebol


O novo modelo de Distanciamento Controlado está em vigor desde a 0h de segunda-feira (11/5) em todo o Rio Grande do Sul. Os decretos nº 55.240 (que oficializa a nova política) e nº 55.241 (que determina a aplicação das medidas) estão publicados, mas muitas pessoas ainda ficaram com dúvidas sobre as novas regras.

Na transmissão diária pela internet na segunda-feira, o governador Eduardo Leite e o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, focaram em responder às principais questões, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, a forma de fiscalização, a retomada das aulas e dos treinamentos de clubes de futebol, entre outras.


Em nota publicada na site do governo do estado, foi esclarecido quanto a situação dos clubes de futebol em especial. A possibilidade de treinamentos foi ampliada para a bandeira laranja, mantendo 25% dos funcionarios e outras restrições. Confira a nota: "Todos os clubes de futebol, inclusive a dupla Gre-Nal, assim como de outras modalidades, devem respeitar o protocolo determinado para a bandeira vigente na região em que estiverem localizados. Ao consultar o site do Distanciamento Controlado, basta procurar a cidade e escolher o setor 'Serviços'. Os times fazem parte do tipo 'Artes, Cultura, Esportes e Lazer' e subtipo 'Clubes sociais, esportivos e similares'. Dessa forma, se a bandeira vigente for amarela, os clubes podem funcionar com 25% dos trabalhadores, prestando serviço de atendimento exclusivo a atletas profissionais, sem público, e atendimento individualizado para atletas amadores. No caso de bandeira laranja, o atendimento só poderá ser efetuado de forma individualizada. Nessas duas bandeiras, deve-se respeitar os protocolos gerais, como uso de máscaras e EPIs (equipamentos de proteção individual), afastamento de casos suspeitos e grupos de risco, entre outros. Se for vermelha ou preta, não poderão abrir", afirmou.


Vale ressaltar que na bandeira laranja, os clubes estão liberados a funcionar com 25% dos funcionários. Este ponto foi citado pela nota do estado apenas na bandeira amarela, mas vale também para a laranja, conforme o peleiafc.com apurou no site distanciamentocontrolado.rs.gov.br, como você pode ver na imagem a seguir. Na bandeira vermelha, os clubes não podem funcionar.



Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini