Federação admite que sistema de bandeiras dificulta retorno do futebol

Durante entrevista ao programa Domingo Esportivo, da Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol falou sobre a situação atual da paralisação do Campeonato Gaúcho após a divulgação do novo decreto por parte do governo do estado.


A entidade vai analisar o documento para debater alternativas com os clubes em reunião marcada para terça-feira. Uma das preocupações de Hocsman é até quando os clubes teriam fôlego para aguentar essa paralisação.


O sistema de bandeiras (amarela, laranja, vermelha e preta) é um complicador para o futebol, pois como é atualizado a cada sábado. Assim, um time pode treinar durante uma semana e na outra ter a suspensão dos trabalhos se houver mudança da bandeira.


"A análise das bandeiras semanalmente é algo importante, mas no futebol ainda acaba sendo um fator complicado. Por exemplo, uma semana você faz os treinamentos físicos, com distanciamento; na outra já não poderá", contou Luciano Hoscman à Band.


Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini