Federação Gaúcha de Futebol emite nota após árbitro ser agredido

A Federação Gaúcha de Futebol se manifestou oficialmente após o árbitro Rodrigo Crivellaro ser agredido durante o jogo entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo de Rio Grande. O jogo era válido pela Divisão de Acesso


A partida foi realizada no estádio Edmundo Feix e acabou suspensa aos 16 minutos do segundo tempo com a vitória parcial do Guarani por 1 a 0. O atleta William Ribeiro, do São Paulo, chutou a cabeça do árbitro no chão. O profissional precisou ser socorrido e levado ao hospital de Venâncio Aires. O atleta foi levado para delegacia e depois conduzido para a penitenciária, segundo o São Paulo.


A Federação lamentou a agressão e desejou pronta recuperação ao árbitro. Ainda em nota, a FGF disse que o Tribunal de Justiça Desportiva irá averiguar os fatos. Quanto a continuidade ou não do jogo, a Federação irá se manifestar em breve.


"A Federação Gaúcha de Futebol lamenta a agressão contra o árbitro Rodrigo Crivellaro, feita pelo jogador William Ribeiro, no jogo entre Guarani e São Paulo, no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, pela 12ª rodada do Gauchão Série A2, nesta segunda-feira (04). A FGF deseja pronta recuperação a Rodrigo Crivellaro. O Tribunal de Justiça Desportiva - TJD-RS irá averiguar os fatos e tratar das respectivas sanções. A partida foi suspensa, e mais informações sobre a sua continuidade serão divulgadas em breve", declarou a FGF em nota.