Gauchão: Clubes podem discutir mudança na rodada dos clássicos e final única

Com muito diálogo e paciência, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol conseguiu a data de retorno do Campeonato Gaúcho 2020. Após a apresentação de um protocolo rígido, o governo do estado autorizou a volta dos jogos da primeira divisão no dia 23 de julho, quinta-feira. Os treinos coletivos serão autorizados a partir de segunda-feira, dia 13.


Nesta sexta-feira, a Federação vai realizar uma reunião com os 12 clubes da Série A. Neste encontro poderá ser debatida a mudança da rodada de reabertura. Inicialmente a volta está prevista com os clássicos Bra-Pel, Gre-Nal, Caju e Aimoré x Novo Hamburgo. Existe a possibilidade de essa rodada ser colocada mais adiante para os clubes não começarem com uma carga grande.


Em entrevista ao programa Show dos Esportes, da Rádio Gaúcha, na quinta-feira, Luciano Hocsman admitiu essa possibilidade. O presidente da FGF também admitiu que os clubes podem decidir por uma final única, se o Caxias não for campeão do segundo turno. Tudo vai depender dos dirigentes.


"A questão da alteração para jogo único, o melhor é que haja unanimidade, mas a gente pode trabalhar com a questão da maioria. No que diz respeito a inversão das datas para não se iniciar com os clássicos, após uma longa parada, isso demanda de unanimidade, pois não podemos tirar uma clássico e colocar mais adiante. Mas vou deixar para que os clubes pensem sobre isso", declarou Hoscman à emissora de Porto Alegre.


Vale destacar que neste ano, o Gauchão não terá rebaixados para a Divisão de Acesso 2021.