Goleiro Marcelo Pitol estuda cancelar aposentadoria e voltar aos gramados


Após o Campeonato Gaúcho deste ano, o goleiro Marcelo Pitol anunciou a sua aposentadoria dos gramados. Seu último clube foi o Caxias. Ele realizou uma entrevista coletiva no Estádio Centenário, na época, para confirmar que estava deixando o futebol.


Aos 40 anos, Pitol foi para política. O ex-atleta disputou as eleições para deputado estadual, mas não se elegeu. Agora, passados seis meses, ele estuda voltar ao futebol. Em entrevista à Rádio Universidade de Pelotas, Pitol disse que foi procurado por alguns clubes e não descarta o retorno às traves.


"Tudo na vida da gente é possível. No meio da campanha, muitos me ligaram dizendo para não parar. Tem muitos exemplos no futebol, como o goleiro Fábio jogando em alto nível com 42 anos. Eu sempre me imaginei indo até os 42, 43 anos. Me apareceu essa possibilidade da campanha. Depois da campanha pedidos para eu voltar, até fora do estado. Alguns clubes me procuraram. Eu realmente amo futebol. Tudo na vida é possível, me sinto bem pra caramba. Estou me preparando fisicamente e mentalmente. A política me consumiu muito, tem a possibilidade de seguir na política, mas não sei se é o que eu quero. Talvez tenha me precipitado de entrar nisso agora", afirmou o ex-goleiro Marcelo Pitol.


Pitol foi o camisa 1 de Rogério Zimmermann no próprio Brasil de Pelotas, onde o treinador está de volta. Eles também trabalharam juntos neste ano no Caxias no estadual.


Foto: Luiz Erbes/S.E.R.Caxias