Golpista volta a cometer crime usando nome de profissionais e clubes do estado

Profissionais e clubes do Rio Grande do Sul voltaram a ser alvo de criminosos. Utilizando celulares com números da Bahia, o golpista busca jogadores para oferecer contratos com clubes gaúchos. Ele se apresenta dizendo ser dirigente ou técnico da equipe.


A última vítima foi o técnico do São Gabriel. Antonio Freitas relatou ao site peleiafc.com, que teve a sua imagem e nome utilizados pelo prefixo da Bahia. Eles têm ligado de dois números: 73 9 9869 5738 e 73 9 9869 6738. Para garantir a suposta vaga, o estelionatário pede dinheiro em troca da transferência, que não procede.


O treinador reforça para os atletas não caírem nesse golpe e denunciarem a polícia. Freitas já fez um Boletim de Ocorrência e dará o prosseguimento judicial ao caso.