Gramado do Aldo Dapuzzo recebe cuidados especiais para Divisão de Acesso

Em ação coordenada pelo engenheiro agrônomo Vinícius Henriques e executada pelo funcionário Cristiano Pacheti, o São Paulo começou o trabalho de preparo do gramado do Estádio Aldo Dapuzzo para a disputa da Divisão de Acesso. Houve alteração na forma de cuidado em função da mudança no período de utilização do campo de jogo.


O objetivo é que o gramado da Linha do Parque esteja nas melhores condições possíveis para a disputa da Divisão de Acesso. Anteriormente começada no primeiro trimestre do ano, a competição foi remanejada do verão para o inverno e essa alteração implica numa ação mais radical do clube para que o palco do espetáculo esteja em boas condições para receber as partidas.


Segundo o engenheiro agrônomo, Vinícius Henriques, a atividade consiste no plantio de um outro tipo de semente de grama, resistente as severas condições climáticas do inverno.


"A grama existente hoje cessa seu desenvolvimento vegetativo com as baixas temperaturas e pouca luminosidade. Por isso optamos pela implantação do azevem que além de tolerar essas adversidades, possui facilidade de germinação", explicou.


Após essa etapa, o trabalho consistirá na aplicação de fertilizante nitrogenado para estimular o crescimento da nova grama que seguirá ativa até o começo da primavera quando o azevem encerra seu ciclo com a temperatura mais quente e a presença de maior luminosidade, dando lugar a grama original que terá encontrado as condições perfeitas para germinação.


Foto: Divulgação/São Paulo