Jogador chuta a cabeça de árbitro no chão e profissional vai parar no hospital

Uma cena lamentável e chocante manchou a Divisão de Acesso 2021. Aos 16 minutos do segundo tempo, a partida entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo foi interrompida. O time da terra da erva-mate vencia por 1 a 0.


O árbitro do jogo, Rodrigo Crivellaro da Costa foi agredido pelo jogador William Ribeiro do São Paulo de Rio Grande. Já caído no gramado, o árbitro é chutado na cabeça pelo jogador do Leão. Desacordado, o árbitro precisou ser socorrido pela ambulância. O árbitro da Federação Gaúcha de Futebol, da delegacia de Santa Maria, foi levado ao hospital e encontra-se acordado, mas desorientado.


A partida foi encerrada e terá desdobramentos no Tribunal de Justiça Desportiva. Em entrevista à Rádio Terra, o técnico do Guarani de Venâncio Aires, Rodrigo Bandeira disse que o jogo ficou em segundo plano, o importante é a recuperação do árbitro. Ele classificou o episódio como uma tentativa de homicídio.


"Nunca vi. É lamentável. A gente poderia ter visto coisa pior. É uma estupidez tremenda. A gente conhece esse atleta. Mas nunca imaginamos presenciar isso. Vamos rezar para o árbitro ficar bem. O jogo fica em segundo plano. É tentativa de homicídio isso. Imagina um familiar está vendo isso", declarou o técnico Rodrigo Bandeira, do Guarani-VA, em entrevista à Rádio Terra.


A assessoria de imprensa do São Paulo confirmou que o jogador William Ribeiro foi levado para delegacia pela Brigada Militar. O atleta é acompanhado por um dirigente do São Paulo. O clube afirma que irá se manifestar oficialmente através de nota.


IMAGENS DA FGF TV