Jogo da Terceirona tem peitaço no árbitro, Brigada em campo e pênalti defendido

Atualizado: Mai 22

A Terceirona Gaúcha voltou com todo o gás, mas alguns estão exagerando. Após um ano sem campeonatos no interior do estado, os ânimos estão acirrados neste retorno. O jogo entre Sapucaiense e Santa Cruz foi peleado. O jogo foi abaixo de chuva em Sapucaia do Sul e teve até a Brigada Militar em campo para ajudar o árbitro.


Marcelo Cavalheiro teve trabalho no apito, mas manteve a calma em um momento tenso no estádio Arthur Mesquita Dias. O jogo estava 2 a 2, no segundo tempo, quando um jogador do time da casa colocou a mão na bola dentro da área. Cavalheiro marcou pênalti para o Santa Cruz e o time mandante ficou revoltado. A reclamação era quanto uma falta de ataque, no qual o atleta do galo teria deixado o braço no jogador do Sapucaiense.


Os atletas da equipe da terra do Zoo cercaram a arbitragem e a partida ficou alguns minutos paralisada. Em determinado momento, um jogador do rubro-negro chega a dar um peitaço no juiz. Logo na sequência, 4º árbitro solicita o apoio do Choque da Brigada Militar. Com a polícia em campo tudo se acalmou.


Na cobrança da penalidade, o jogador do Santa Cruz, o experiente Nena bateu e o goleiro do Sapo pegou. A partida terminou tudo igual. Se o clima está quente agora na primeira fase, imagina quando chegar nos mata-matas.


Confira o lance:



Imagem: Reprodução FGFTV