Julgamento do Bagé é remarcado para terça-feira

Logo após o Tribunal de Justiça Desportiva decidir adiar o julgamento do Bagé, a corte já marcou uma nova data para o caso ser analisado. O advogado do Bagé solicitou o adiamento com base no argumento da ampla defesa. Alexandre Borba disse que não teve tempo hábil para analisar todos os 100 documentos apresentados pelo São Gabriel no processo.


Em novo edital de intimação publicado no site do TJD, o processo voltará a pauta na próxima terça-feira. No dia 19 de outubro, às 15h, o tema será julgado com exclusividade. Nenhum outro assunto entrará na pauta do tribunal.


O jalde negro pode perder 12 pontos por suposta escalação irregular. O São Gabriel ingressou com uma denúncia no TJD. O time da terra dos marechais diz que o Bagé teria ultrapassado o limite de atletas de Série A no campeonato. O regulamento da Série A2 fala em oito jogadores e o Bagé teria usado nove em três partidas. O Bagé afirma que a denúncia não procede, pois o suposto atleta, que teria excedido o limite, atuou na fase preliminar do Campeonato Carioca.