Julgamento do Bagé no TJD é adiado

O julgamento do Bagé no Tribunal de Justiça Desportiva foi retirado de pauta. O clube foi denunciado pela agressão ao árbitro Dakimalo Gomes. No confronto contra o Santa Cruz, no estádio da Pedra Moura, o árbitro colocou em súmula uma série de situações, entre elas uma cotovelada em seu rosto após o jogo.


Na quinta-feira à noite, o peleiafc.com já recebia a informação que o julgamento do jalde negro não ocorreria. Fato este que se confirmou. O motivo é que o advogado do Bagé apresentou sintomas da covid-19. Mesmo sendo por videoconferência, ele não estaria em plenas condições físicas para a defesa. Uma nova data será marcada.


O Bagé foi denunciado em mais de um artigo e, no total, poderá pegar uma punição de quase 30 mandos de campo. Lembrando que o clube é reincidente. Pela Divisão de Acesso foi condenado a perda de dois mandos de campo a serem cumpridos na Série A2 de 2021.