"Lamentável e Revoltante": São Paulo anuncia rescisão de contrato com William Ribeiro

"Lamentável. Lamentável e acima de tudo, revoltante". Com essas palavras, o São Paulo de Rio Grande se manifestou de forma oficial quanto a agressão do jogador William Ribeiro ao árbitro, Rodrigo Crivellaro, na partida contra o Guarani, em Venâncio Aires, pela Divisão de Acesso na segunda-feira.


A nota assinada pelo presidente Deivid Pereira diz que o clube se deparou com um dos episódios mais tristes de sua história no dia em que completava 113 anos. O clube ainda pediu desculpas ao profissional, a sua família e o público em geral pela cena "lamentável". Por fim, o São Paulo anunciou a rescisão sumária de contrato do jogador e afirmou que medidas legais serão tomadas.


NOTA OFICIAL SÃO PAULO


Lamentável. Lamentável e acima de tudo, revoltante


No exato dia em que toda a família rubro-verde reuniu-se para comemorar mais um aniversário - 113 anos de Sport Club São Paulo -, nosso Clube se deparou com um dos episódios mais tristes de sua história, uma fatídica cena que chocou todas as pessoas que amam não só o futebol gaúcho, mas todas aquelas que simplesmente amam o esporte de modo geral.


Podem ter certeza, lamentamos e nos envergonhamos profundamente de todo o ocorrido, todo nós em absoluto, toda a nossa nação rubro-verde: Direção, torcida, demais jogadores, etc. Pedimos todas as desculpas do mundo ao profissional agredido e sua família, assim como pedimos desculpas ao público, de modo geral, pela cena lamentável vista hoje.


O contrato com o atleta agressor está sumariamente rescindido. Ademais, todas as medidas possíveis e legais em relação ao fato serão tomadas.


Deivid Goulart Pereira

Presidente do Sport Club São Paulo