Márcio Nunes avalia trabalho no Bagé e pode ficar para a Copinha

O técnico Márcio Nunes fez uma avaliação do trabalho realizado no comando do Bagé após a eliminação nas quartas de final da Divisão de Acesso. A equipe do Grêmio Bagé acabou saindo depois de perder nos pênaltis para o Glória em Vacaria, no último domingo. Porém, segundo técnico Márcio Nunes, a campanha desde a sua chegada ao clube Jalde-Negro é considerada muito positiva. Sob o comando do técnico Márcio Nunes, foram 12 jogos, com sete vitórias, três empates e apenas uma derrota. 


Futuro

Sobre o seu futuro, o técnico Márcio Nunes afirma que se reunirá com a diretoria do clube, que deseja apresentar uma proposta para a disputa da Copa Antônio Carlos Verardi, no segundo semestre deste ano. "A diretoria do clube quer conversar comigo para montar a Copinha, que será realizada no segundo semestre deste ao. Nos próximos dias vamos definir essa situação".


Avaliação

Segundo o técnico Márcio Nunes, o trabalho realizado no comando do Grêmio Bagé  foi muito bom. "Mudamos a imagem do Grêmio Bagé, que agora, vai vir cada vez mais forte. Tivemos uma sequência muito boa, com sete vitórias em doze jogos. Então, acredito que o aproveitamento foi muito bom mesmo. É duro ser eliminado desta forma, mas assim é o futebol". 


Carreira

O técnico Márcio Nunes iniciou a carreira como treinador em 2017, sendo auxiliar do técnico no São Paulo de Rio Grande. Ainda durante o Gauchão, assumiu o time na reta final. Também orientou o São Paulo também na Série D do Brasileirão de 2017. Em 2018, o técnico Márcio Nunes comandou o Ypiranga de Erechim, onde conquistou o principal objetivo do clube que era permanecer na Série C do Campeonato Brasileiro em 2019. 


Foto: Guilherme Borba/Derby Comunicação